Tag archive

ESA

SLIDES DE ROSWELL! – FARSA DESMONTADA POR UMA PLACA

in Análises/Caso Roswell/Casos/DEBUNKED/Freedom of Information Act (FOIA)/HOAX/News/Roswell by

Como afirmamos em Fev/2015, logo após o anuncio feito pelo grupo de ufólogos, incluindo o jornalista Jaime Maussan, do programa mexicano 3° Milênio, já conhecido como propagador de farsas no meio ufológico, começamos a desconfiar de todo mistério envolvendo a noticia e do modo que vinha sendo divulgada. Então começamos a acompanhar de perto e no fim aconteceu o que suspeitávamos, tudo não passou de mais uma farsa, mal elaborada digamos de passagem, pois o grupo ignorou ou esqueceu do fato que estamos no século XXI, e acabaram sendo traídos por uma placa.

A chave para o mistério dos tão falados “Roswell Slides” estava no texto escrito na placa que para reforçar a farsa, foi propositalmente borrado para que não fosse possível ler. Porém, os autores da farsa não contavam ou desconheciam que hoje temos a disposição uma variedade de softwares para edição de imagens, alguns até mesmo utilizados pelos serviços de inteligência de muitos países, que permitiu através da iniciativa independente de Alejandro Rojas, Philip Mantle, David Rudiak, Whitley Strieber Frank Warren e outros mais, alguns usando o SmartDeblur, outros usando softwares diferentes como Blurity, Photoshop CC e InFocus, acabou por esclarecer a grande farsa anunciada.

Como chamativo para a farsa, foi utilizada uma imagem de uma múmia do museu Smithsonian. A foto apresentada pelo grupo de ufólogos foi adulterada de modo que não fosse possível descobrir a sua origem, mas o blog Blue Blurry Lines, correram atrás da verdade e descobriram a fotografia original, onde pode-se ler a placa de identificação da múmia:

mummia

Algumas das pessoas que participam na investigação no show BeWitness, Richard Dolan, Anthony Bragalia, Dr. David Rudiak, e mais notavelmente, Don Schmitt., depois de ver a documentação, reconheceram que a leitura da placa está correta.

Placard Deciphered - Illustration by Nippa Downey
Placa decifrada – Ilustração por Nippa Downey

O texto acima bate exatamente com uma nota publicada em setembro de 1938, Volume III, Número 1 , no Parque Nacional de Mesa Verde, em Montezuma, no Colorado, onde é descrita a mesma múmia, que foi abrigada pelo museu e, atualmente, está em exposição no Museu Smithsonian.

A placa corresponde aos documentos históricos e o corpo é descrito nos registros Serviço Nacional de Parques e literatura (National Park Service records and literature), que também menciona fotos. Devido a um pedido FOIA feito pelo Pastor Johnson, o National Park Service divulgou documentos que registram a proveniência da múmia criança descoberta em 1896 no Arizona no castelo de Montezuma por Richard Wetherill e SL Palmer, ao seu empréstimo pela família Palmer para o museu Colorado Chapin Mesa, em seguida, à sua transferência para o museu do castelo de Montezuma perto do local do enterro inicial.

2-Year-Old Child Mummy Found at Montezuma Castle (Crpd) - 1896

A foto de 1896 da sepultura não mostra o corpo bem o suficiente para comparação, mas a foto de 1939 é muito boa. Há outras fotos que ainda não vieram à tona, mas até à data, temos fotos de três lugares, décadas separadas, com o corpo em diferentes telas. Além da foto de 1939 em preto e branco, há os slides de tudo de 1946 no Chapin Mesa museum (que se presume ter sido feitos pelos Rays). Em junho de 1947, os restos mortais foram transferidos para o museu do castelo de Montezuma, onde foi fotografado novamente em 1956 por um turista.

As fotos foram tiradas em anos e diferentes câmeras e iluminação, a partir de ângulos diferentes, mas eles são muito semelhantes. Parece quase uma coincidência que fotos separadas por décadas são tão parecidas, mas devido à cabeça da criança estar virada para a direita, que foi exibido da mesma forma ao longo dos anos, para ser melhor visto de lado, produzindo assim fotografias semelhantes.

Child Mummy From Montezume Castle (400 px)
Imagem da Mumia de um menino de 2 anos (Palmer Collections) utilizado para promover a farsa dos Slides de Roswell, supostamente feitos por Bernerd & Hilda Ray circa 1947
SL Palmer Mummy - Pic 2 (Mantle) (400 px)
Mesmo múmia de um menino de dois anos de idade (Coleção Palmer); imagem descoberto por Jorge Peredo via Picasa. Crédito: Frank & Frances & Frank Hadl – Dezembro de 1956

A maioria das diferenças aparentes no corpo vêm do posicionamento dos restos próximos ao esqueleto e a forma como que a roupa está disposta em torno dele. As fotografias do corpo são tão semelhantes que detalhes podem ser transpostos uns sobre os outros para demonstrar que todos eles foram feitos da mesma coisa.

 

 

Edward Snowden Revela : “Os UFOS pertencem a uma Civilização UltraTerrestre que vive no manto da Terra

in Agências/Aliens/Barack Obama/CIA/Documentos/Documentos Revelados by

CCzslPWW0AEiXPbEdward Snowden, informou sobre os fatos conhecidos que dispõe sobre UFOs. De acordo com os documentos, que Snowden copiou da CIA, o governo dos EUA já sabe a muito tempo que os UFOs existem e são espécies mais avançadas do que a humanidade. Estas espécies não são estranhas a nossa terra, só que mais avançados. Eles vivem aqui há bilhões de anos e estão muito à frente de nós em desenvolvimento.

A CIA armazena todos os dados de seus sistemas de rastreamento e sonares em alto-mar, mas eles têm também um estatuto de segredos de Estado, e até mesmo os cientistas não têm acesso a esses dados sobre esses objetos. Este tipo de Homo sapiens inteligentes e sempre viveu no manto da Terra. Este é o único lugar onde as condições eram mais ou menos estável por bilhões de anos. Os extremófilos podem viver em temperaturas diferentes, eles foram capazes de prosperar e desenvolver a inteligência em um ritmo acelerado.São Homo sapiens e eles evoluíram ao mesmo ritmo que nós, mas as suas condições de vida no manto da Terra defenderam sua civilização dos muitos desastres que ocorreram na superfície da terra. . .

subterrano_ocampa

No consenso geral deles é que nós somos apenas formigas em seu ponto de vista e há uma pequena chance de que eles vão continuar a prestar atenção em nós. Mas os militares consideraram a possibilidade de agressão e o plano atual de ação em situações de emergência inclui um plano – detonar uma arma nuclear nas cavernas profundas para “selar” o inimigo, na esperança de destruir as suas comunicações que irá impedir novos ataques das entranhas da terra. ”

O Presidente recebe briefings diários sobre as atividades desta civilização e do movimento de seus veículos – Analistas UFOs  Acreditam que sua tecnologia é tão avançada que teríamos pouca chance de sobrevivência em qualquer guerra potencial com eles.

Módulo Philae não responde sinais da sonda Rosetta

in ESA (Agência Espacial Europeia)/News/Rosetta/Sonda Philae by

O modulo Philae, que fez história ao aterrissar há quatro meses sobre um cometa, não respondeu aos sinais que a sonda Rosetta enviou durante oito dias, na primeira tentativa realizada para se comunicar com o aparelho, e agora uma nova investida será feita em abril, informou nesta sexta-feira o Centro Aeroespacial Alemão (DLR), responsável pelo módulo.

“Talvez ainda esteja muito frio para que Philae acorde sobre o cometa 67/P Churyumov-Gerasimenko. Talvez ainda não tenha recursos energéticos suficientes para enviar um sinal”, explicou diretor de projetos do DLR, Stephan Ulamec.

Após abandonar a sonda Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA), Philae pousou sobre o cometa em 12 de novembro após três aterrissagens e dois rebotes, o que fez com que não caísse no ponto programado e ficasse em uma zona escura e rochosa. Sem a luz necessária para carregar as baterias e trabalhar de forma autônoma, entrou em hibernação 57 horas depois da aterrissagem, e em 12 de março a Rosetta começou a enviar sinais para comprovar se tinha acordado.

“Foi uma tentativa muito precoce. Repetiremos o processo até que recebamos uma resposta de Philae”, informou o diretor, que defendeu que se tenha paciência.

Às 4h GMT (1h em Brasília) a unidade de comunicações da Rosetta foi desligada e o Centro Aeroespacial Alemão avalia quando acontecerá o próximo alinhamento entre a sonda e o módulo para voltar a enviar sinais. Após aterrissar no cometa em novembro do ano passado, o módulo operou de forma contínua durante 54 horas e seus dez instrumentos entraram em funcionamento, enviando dados outra vez à Terra antes de começar a hibernar.

13philae-master1050-v2
Após abandonar a sonda Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA), Philae pousou sobre o cometa em 12 de novembro após três aterrissagens e dois rebotes, o que fez com que não caísse no ponto programado e ficasse em uma zona escura e rochosa

Para que volte a ligar, o interior do módulo deve bater menos 45 graus Celsius e ser capaz de gerar pelo menos 5,5 watts a partir de seus painéis solares, embora para enviar sinais à Terra necessite chegar aos 19 watts. Os engenheiros do DLR descartaram que um aquecimento possa ter acontecido entre janeiro e fevereiro, mas concordaram que em março havia uma possibilidade já que o cometa estava cerca de 300 milhões de quilômetros do Sol e recebia o dobro de radiação solar se comparado a novembro.

Em abril, o centro voltará a tentar se comunicar com Philae, que, para responder aos sinais, deve manter a temperatura e a capacidade de geração de energia mínima por pelo menos 45 minutos, já que seus receptores começam a operação 30 minutos depois do despertar. Segundo os engenheiros do DLR, pode ser que o módulo já tenha acordado, mas que não tenha a energia suficiente para transmitir sua resposta.

A Agência Espacial Europeia espera saber detalhes sobre a “saúde” de Philae – como estão baterias recarregáveis, qual a temperatura e quanta energia está recebendo – para que comece a usar de novo seus instrumentos.

Astronauta da Agência Espacial Europeia (ESA), Samantha Cristoforetti, relata avistamento de um UFO

in Avistamentos/ESA (Agência Espacial Europeia)/OVNIS/UFOS by
Samantha Cristoforetti
Samantha Cristoforetti

 

Uma astronauta da Agência Espacial Europeia (ESA), Samantha Cristoforetti, viu um OVNI, enquanto estava a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).

Samantha ficou chocada e impressionada quando viu uma luz laranja brilhante.

Tudo aconteceu quando a Astronauta Samantha Cristoforetti estava se preparando para atracar na estação espacial quando uma luz laranja brilhante de repente começa a refletir fora dos painéis solares do pod. No vídeo podemos observar o susto da astronauta.

Levando-se em conta o alto grau de treinamento dos astronautas, a única coisa que poderia causar uma reação tão emocional de um astronauta de verdade seria um encontro muito próximo com uma nave alienígena. Ouça a sua voz. Ela estava deslumbrada!

Segundo seu relato, o UFO se aproximou dela como estivesse dando boas vindas. “Como todos sabem, os avistamentos de OVNIs na estação espacial é um evento semanal. Às vezes, tão perto que parecem que vão entrar n estação e outras vezes ao longe ”

A estação espacial é frequentemente visitado por UFOs e alguns pesquisadores afirmam que até mesmo aliens atracam suas naves na estação espacial para atender os astronautas.

Go to Top

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com