Ex-Gerente da Nasa confirma Cidades Extraterrestres na Lua

in Reportagens/Ruinas na Lua by
Ken Johnston


De acordo com o site Before It’s News, Ken Johston, ex-gerente do Departamento de Aeronáutica Nacional e Dados da Administração Espacial e do Departamento de Controle de Fotografias da NASA, que também trabalhou para a o Laboratório de Recebimento Lunar daquela agência durante as missões Apollo, foi mandado embora por falar a verdade.
Johnston afirma que a NASA sabe que os astronautas descobriram cidades alienígenas antigas, bem como os restos de maquinários avançados na Lua. Alegadamente, alguma daquela tecnologia poderia manipular a gravidade.

Ele diz que a agência ordenou o acobertamento e o forçou a participar dele.
Nos últimos 40 anos outros cientistas, engenheiros e técnicos também têm acusado a NASA de acobertamentos e de ocultarem dados.

O crescente número de acusações vai desde o fato de estarem escondendo informações sobre objetos anômalos no espaço e mentindo sobre a descoberta de artefatos na superfície da Lua e Marte, até a ocultação de evidência de vida relatada pela sonda Viking durante o meio da década de 1970.
Outro ex-funcionário da NASA, Donna Hare, acusou a NASA de ofuscar e ocultar milhares de fotos ao longo dos anos. De acordo com Johnston, os astronautas do projeto Apollo trouxeram para a Terra evidências fotográfica de artefatos encontrados durante suas atividades extraveiculares na Lua. Johnston afirma que a NASA o ordenou a destruir estas imagens enquanto ele estava trabalhando para o Laboratório de Propulsão a Jato (Jet Propulsion Laboratory – JPL), mas ele se recusou.
Kay Ferrari madou despedir Johnston.
Teria sido por ele não ter colaborado
com a agenda da NASA?
Quando ele abriu a boca para imprensa, a agência o despediu.
Em uma liberação para a imprensa, Kay Ferrari, diretora do programa SSA do JPL, disse que solicitou a Johsnton que pedisse sua demissão, pois ele havia publicamente criticado seu empregador.
Quando Johnston recusou a pedir sua resignação, ele foi sumariamente despedido, sem justa causa.
Após sua abrupta partida, ele indicou que estava saturado e cansado a respeito do governo dos EUA estar sentado em cima de provas por mais de quatro décadas, de que realmente há cidades alienígenas na Lua.
“Eu não tenho nada a perder“, disse ele. “Eu briguei com a NASA e fui despedido“.
Ferro Velho Lunar?
Fotografado por Astronautas da
Missão Apollo.
Aparentemente algumas evidências de grandes estruturas e até de uma base lunar no lado oculto da Lua surgiram recentemente, as quais parecem dar respaldo às alegações de Johnston.
Como mencionado acima, Ken Johsnton não foi a única pessoa a delatar a NASA sobre acobertamentos.
O cientista que monitorou o importante experimento abordo da sonda Viking para detecção de vida, a qual chegou a Marte em 1976, ainda hoje continua a atacar a agência espacial estadunidense.
Gilbert Levin insiste que seu experimento biológico provou a existência de vida no solo marciano.
E a lista de ex-funcionários da NASA que acusam a agência de acobertamento dos dados não para aqui. Há dezenas, senão centenas deles.
Outras Fotos Controversas
A ex-empregado da NASA, Donna Hare, acusou a NASA de estar ofuscando e ocultando milhares de fotos ao longo dos anos. Ela alega que a agência espacial vem apagando anomalias inconvenientes em certas fotos condenatórias.

READ  Atual ciclo de atividade solar do sol é mais fraco em um século
Foto supostamente alterada pela Nasa



Durante seu tempo na NASA era um especialista a trabalhar como ilustrador e técnico slide fotográfico. Seus serviços incluem prémios de 1969 Achievement Award Apollo, Skylab um prêmio, e um medalhão comemorativo para o serviço meritório que envolve a missão espacial conjunta americano-russo, Apollo-Soyuz.

Ilustrador técnica de profissão, Hare tem apenas feito tudo isso durante o seu contrato com a agência espacial, trabalhar como ilustrador espacial e no Laboratório de slides de precisão. Ela ilustrou veículos espaciais, satélites, plataformas de lançamento, locais de desembarque, mapas lunares e muito, muito mais.

A Nasa Realmente não viu nada nesta foto?







Hare trabalhou como subcontratada com a agência por mais de 15 anos. Quando saiu da NASA, ela veio a público e apareceu como convidado em WOL-AM de rádio em Washington, DC

Detalhe da foto ampliada.
O que você vê nesta foto?

Apollo 17 e a surpreendente ‘Cabeça Robô’
“Em dezembro de 1972 Apollo 17, os astronautas Eugene Cernan e Harrison Schmitt passaram cerca de 75 horas na Lua. Durante sua expedição lunar que tirou a foto visto acima. Por incrível que pareça, parece ser a cabeça decepada de um robô. Como Cernan colocá-lo, mesmo que ele estava vendo com os próprios olhos, ele ainda não conseguia a acreditar “, escreve o autor Joe Szostak em seu livro.
“Depois de superar o choque inicial, ele percebeu que não poderia ser um crânio humano. Afinal, ele estava deitado em um campo de destroços de uma cratera  onde possivelmente houvera um impacto, que havia sacudido todo o tipo de lixo e material, logo abaixo do fundo do vale. algo tão frágil como um osso fossilizado não poderia sobreviver tal impacto.

Este artefato Lunar certamente não era Natural
READ  Vôo da US Airways reporta avistamento de objeto Misterioso - FAA e Autoridades investigam o caso.

Além disso, a exposição à radiação solar e cósmica extrema teriam há muito teriam reduzido o material orgânico a um pó fino. Este objeto era inconfundivelmente de origem mecânica. Mostraram que a ‘cabeça’ tinha uma listra vermelha distinta em torno da área onde deveria ser o lábio superior, uma característica que claramente pareceu ser pintada ou adornizada sobre o objeto.

“Composições de outros quadros mostraram que a cabeça tinha duas órbitas, testa, sulcos na testa, um nariz com narinas, maçãs do rosto gêmeas e na metade superior da mandíbula. A mandíbula inferior parecia estar faltando.
Cernan apelidou a área de lugar misterioso ao olhar. “Muitas das rochas tiveram altamente incomuns qualidades espectrais, refletindo mais luz como cristais ou caixa metálicas altamente polidas.
“A foto acima é um aplicação da cabeça decepada fotografado na Cratera Shorty por Cernan e Schmitt. Até hoje não houve uma explicação satisfatória para este artefato da comunidade científica …”
A foto incrível tirada pelo Hubble de uma pirâmide perfeita na lua

A imagem desta pirâmide na Lua foi tomada pelo Telescópio Espacial Hubble (HST) em dezembro de 2008.
O Enigma da Cratera de Aristarco
Olhe atentamente. Esta foto parece uma Cratera?


“O enigma da cratera Aristarco é um dos inúmeros chamados fenômenos transitórios lunares (TLP). É o ponto mais brilhante na Lua visto da Terra, que muda de cor, às vezes produzindo um brilho vermelho ou azul e parece emitir gás. em 1958, estranhos fenômenos na Cratera Aristarco foram observados pelo astronômo Russo Nikolai Kozyrev. Eles também foram relatados pela tripulação da Apollo 11.
“A natureza dos fenômenos cratera deu credibilidade a uma teoria que poderia haver algum tipo de um dispositivo de poder, possivelmente um reator de fusão, na cratera. Em qualquer foto publicada pela NASA, exceto para uma imagem de Clementine, este objeto é mostrado como um mancha branca brilhante com nenhuma definição. Esta estrutura parece ser apoiada por 5 ou 6 arcos. Em primeiro plano é uma estrada que leva a uma entrada do túnel iluminado. “[Joe Szostak]


Novas imagens tiradas pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter permitem-nos estar “quase” dentro da cratera Aristarco.
Vejam uma vista panorâmica, aqui.
Nave Russa Luna 9 fotografa possível Veículo espacial

Foto feita da Sonda Russa “Luna 9”
READ  O MISTERIOSO X-37B DA FORÇA AÉREA DOS USA COMPLETA 1 ANO EM ÓRBITA

A Luna 9 foi uma sonda espacial não tripulada do programa da União Soviética Luna. Em 3 de fevereiro de 1966 a Luna 9 se tornou a primeira nave espacial a alcançar um pouso suave em qualquer corpo planetário além da Terra e transmitir informações fotográficas para a Terra da Lua. A foto acima foi feita a partir da sonda Luna 9. Ele mostra que parece ser uma embarcação de grande ou veículo, cuja forma se assemelha ao de um navio na Terra, chegando a um ponto em uma extremidade e tendo uma secção elevada na parte superior. Um cabo ou tubo parece se estender por trás do objeto em direção à superfície. O contato com Luna 9 foi perdida em 06 fevereiro de 1966 apenas três dias após o pouso.

Coisas estranhas estão na Lua e em Marte. Coisas estranhas têm sido encontrados na lua marciana Fobos, lua de Saturno Titã, e um punhado de outras luas mais obscuros.
As evidências parecem comprovar que nunca estivemos sozinhos no Sistema Solar. De fato, o lugar parecia absolutamente lotado.
Talvez ele ainda seja …

BannerFans.com
Tags:

Comments on Facebook

Latest from Reportagens

Go to Top

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com