Category archive

Misterios - page 3

Nave Misteriosa sobre o Kansas? Projetos Secretos TR-3 Aurora ou Black Manta podem ter sido expostos

in Misterios/Projetos Secretos by
Jeff Templin é um fotógrafo amador. Ele diz que já viu de tudo até agora. Enquanto tirava fotografias de animais selvagens em fevereiro de 2014, algo chamou sua atenção. Ele disse que parecia um contrail incomum.
“Bem em cima da cidade, claro como um sino”, disse Templin.
“Qualquer um que olhasse para o céu teria visto. Você não costuma ver os jatos militares ou mesmo civis que deixam rastros e que fazem esse tipo de partidas severas fora da rota”.
Templin diz que a aeronave fez vários girous de 180° graus severos no céu na forma de um “S”, ainda mais incomum.
ufo spacecraft ufos 2014 alie ave alienigena extraterrestre
 “Absolutamente silencioso, sem nenhum som”, disse ele.
Então, ele tirou algumas fotos e voltou para casa.
“Quando coloquei-as no meu computador, fiquei surpreso ao ver esta forma triangular que não é como qualquer coisa que você costuma ver”, disse ele.

Templin diz que ele é um grande fã de aviões, por isso não havia dúvida de que ele viu não era … .bem você sabe.
“Foi um dos nossos ou, pelo menos, o homem fez, com certeza, por isso não identificado sim, mas alienígena, não”, disse ele.
Entramos em contato com vários especialistas em aviação, incluindo McConnell. Na base nos disseram que não conseguiram identificar a aeronave. Eles dizem que poderia ser um bombardeiro
B-2, mas não conseguiram confirmar. E se fosse, não era um deles.
Existem várias teorias lá fora, na internet do que o objeto poderia ser, mas por enquanto a aeronave no céu permanece um mistério.
Blhe6t9CIAAS47Y
Efetuando uma análise das fotos e comparando ao B-2 Spirit ou Stealth B-2 é um bombardeiro projetado secretamente na área 51 pelas empresas Northrop Grumman, visivelmente é possível notar que não trata-se da mesma aeronave observando o formato da fuselagem.
b2 spirit stealth bomber wallpaper52413
B-2 Spirit ou Stealth B-2
O formato do objeto trás a tona lembranças do sempre negado Projeto TR-3 Aurora.

O rumor foi criado em meados da década de 1980 nos Estados Unidos. Não há provas substanciais de que já tenha sido construído, embora haja fotos, filmagens e testemunhas de avistamentos. Alguns crêem que atingiria velocidades superiores a Mach 5. Teria sido desenvolvido na década de 80 ou 90 como um protótipo do custoso SR-71 Blackbird.

aurora-refuel-hoax-750x500
Suposto voo em formação e reabastecimento do Aurora
O governo dos EUA sempre negou a existência de tal aeronave. A Aerospaceweb.org concluiu: “As evidências que apoiam o Aurora são circunstanciais ou são pura conjectura. Há pouca razão para contrariar a posição do governo”.
Belgium-Triangle-UFO-ufo-and-aliens-29109595-500-384
Belgium Triangle UFO
Outros chegam a conclusões diferentes. Em 2006, o escritor Bill Sweetman disse: “O Aurora existe? anos de perseguição, levaram-me a acreditar que, sim, o Aurora é mais provável em desenvolvimento ativo, estimulado pelos avanços que têm permitido a tecnologia para conversar com a ambição que lançou o programa de uma geração atrás.

Um informe do Ministério de Defesa Britânico de maio de 2006 faz menção a antigos planos da Força Aérea Americana de criar um veículo altamente supersônico capaz de alcançar velocidades de Mach 4 a 61 .

Como a imagem de astronauta foi esculpida na Catedral de Salamanca, construída há mais de 300 anos?

in Misterios by
A figura talhada de um astronauta moderno pousado sobre a fachada da entrada norte da Catedral de Salamanca, na Espanha, destoa de todo o resto e impressiona a todos que passam por ali. A igreja, nos estilos barroco e gótico, foi construída entre 1513 e 1733. De forma inevitável, as teorias que envolvem os astronautas antigos, as viagens através do tempo e acontecimentos sobrenaturais surgem com explicações variadas.
No entanto, e apesar do mistério pairar sob uma nuvem de incerteza, o astronauta enigmático da Catedral de Salamanca parece ter uma explicação muito mundana. A figura está localizada em uma coluna, na entrada da Nova Catedral, e representa um astronauta com botas, capacete e o que parece ser um sistema de respiração em seu peito, com tubos que se conectam a uma mochila na parte traseira de seu traje. Com a mão direita, ele segura uma espécie de vara e com a esquerda se apoia em uma folha. Seu rosto expressa uma perplexidade imutável.
Como é possível alguém ter esculpido uma imagem tão nítida de um astronauta moderno em uma catedral construída há centenas de anos e muito antes de tal personagem existir? Ao que tudo indica, isso teria acontecido, na verdade, há muito pouco tempo, quando, em 1992, a catedral foi restaurada. Na época, a “Porta de Ramos”, como é chamada a entrada norte da Catedral, sofreu uma grande deterioração com o passar do tempo. Dessa forma, a escultura do astronauta seria uma adição do pedreiro Miguel Romero e teria escapado da observação do arquiteto Jerómio García de Quiñones, o responsável pela restauração. O fato teria obedecido a uma velha tradição, na qual os restauradores costumam incluir algum elemento moderno, próprio da época em que é realizada a restauração – neste caso, um astronauta.
Claro que essa é apenas uma hipótese, e muitos afirmam que a figura está lá desde a construção original da catedral, que teria sido restaurada por causa de alguns danos em sua estrutura. Sem fotos, testemunhas ou evidências que permitam saber a história real, as conclusões, sejam quais forem, ainda são mera teoria.
Fonte : Discovery History

Universidade de Viena, na Áustria, descobre DNA não humano em múmia com 5.300 anos de idade

in Misterios by
Uma equipe de investigadores do Instituto EURAC, na Itália, e da Universidade de Viena, na Áustria, descobriu DNA não humano na mostra de uma osso do quadril extraído de uma múmia com 5.300 anos de idade, encontrada nos Alpes e batizada de Ötzi, o homem de gelo. Trata-se de evidências de uma bactéria conhecida como Treponema Denticola, um patógeno vinculado com a enfermidade periodontal, encontradas após análises em um escâner com os restos da múmia, o que permite deduzir que o homem de gelo sofria de periodontite.
DNA não humano na mostra de uma osso do quadril extraído
de uma múmia com 5.300 anos de idade
Os especialistas não evitaram o espanto ao descobrir como um osso tão pequeno e antigo permite obter dados tão precisos sobre esta bactéria, que passou da boca de Ötzi até seu osso do quadril através da corrente sanguínea.
“Esse DNA não humano é derivado principalmente de bactérias que normalmente vivem sobre e dentro do nosso corpo. Somente a interação entre certas bactérias ou um desequilíbrio dentro desta comunidade bacteriana podem causar certas enfermidades. Portanto, é muito importante reconstruir e compreender a composição da comunidade bacteriana mediante a análise dessa mescla de DNA”, afirma Thomas Rattei, coautor do estudo. Os resultados do estudo foram publicados na revista especializada Plos One.

ENTIDADES ALIENIGENAS (FOO FIGHTERS) SEGUINDO TRENS RUSSOS

in FOO FIGHTERS/UFOS by
Entidades brilhantes foram vistos seguindo trens russos em 26 de julho de 2014, conforme relatado pelo site UFO Sightings Daily. que é coordenado por Scott C. Waring. 
Neste relatório, Scott Waring publicou imagens do UFO em um vídeo no YouTube, uma testemunha ocular e uma reportagem. 
Mr. Waring pede aos leitores a olhar atentamente para o vídeo. Ele também nos diz que três avistamentos destas entidades foram registrados até agora.
“Olhe atentamente para essas entidades brilhantes como eles perseguem e observam o trem. Existem três casos registrados que foram postadas em um site russo e todos eles foram colocados neste único vídeo. “
Ele, então, diz-nos que tais entidades muitas vezes seguem veículos militares, e também foram vistos durante a Segunda Guerra Mundial 
“Essas entidades brilhantes foram vistos seguintes aeronaves, sobre bases militares e usinas nucleares. Isto é o que os pilotos da Segunda Guerra Mundial chamam de foo fighters “. 
O avistamento destas entidades têm sido relatados por muitos entusiastas de OVNIs na Rússia e também por alguns novos canais locais.

Caças Americanos perseguidos por Foo Fighters durante a
II Guerra Mundial
O Site UFOSFACTS publicou uma matéria completa sobre o mistériosos “Foo Fighters” e o acobertamento por parte dos USA e Russia. Leia aqui

Observação em Massa de UFO sobre Califórnia, Oregon e Nevada em 12-Sep-2014

in Misterios/UFOS/USA by
Nas primeiras horas da manhã de 12 de setembro de 2014, muitas pessoas na Califórnia, Oregon e Nevada  relataram ter visto luzes incomuns no céu. 
Todos os relatos de testemunhas oculares são os mesmos. Uma luz enorme, intensamente brilhante foi vista se movendo no céu, com uma grande cauda de cometa por trás dela. 
Não era um meteoro devido a velocidade que o objeto se deslocava no céu. A luz ficou visível por 15-20 segundos. Cientistas especulam que pode ser desde de lixo espacial que fez uma reentrada na atmosfera da terra incendiando-se e perdendo partes incandescentes, o que explicaria a cauda de um cometa, até lançamento testes de mísses pela marinha dos USA, já que segundo os relatos, a misteriosa luz veio do oceano, porém autoridades militares negam que tenha havido qualquer teste nesta data e local.
O assunto foi parar nos noticiários locais, veja abaixo:

O MISTÉRIO DO SATÉLITE “CAVALEIRO NEGRO”

in Misterios/NASA/UFOS by
Uma das histórias mais curiosas que circulam na Internet, é a existência de um satélite artificial que orbita o planeta a cada 15 ou 20 anos, conhecido como “o cavaleiro negro”.

A história remonta a 1899 Em torno deste tempo, Tesla mudou-se para um laboratório em Colorado Springs para iniciar seus experimentos com alta tensão e medições de campo elétrico. Durante os oito meses que ele estava lá, ele passou parte do seu tempo no desenvolvimento de pequenos sinais e receptores para medir a capacidade de uma antena vertical. Durante os testes, Tesla pegou um sinal periódico vindo de algum lugar no espaço. 
Mas foi só em 14 de maio de 1954, quando a história de um satélite de origem desconhecida tomou forma. No jornal “St Louis Post Dispatch” e o “San Francisco Examiner”, foram dois artigos em que a presença de dois satélites em órbita ao redor de nosso planeta em um momento foram mencionadas, não esqueçamos, no qual nenhuma nação ainda tinha lançado ainda, vale a pena lembrar que o Sputnik apenas foi lançado no final de 57.
Em 1960, tanto a União Soviética e os Estados Unidos já tinham satélites em órbita, mas em 11 de fevereiro o alarme disparou novamente, quando foi detectado um Objeto não identificado em uma órbita polar, que nem os russos nem os americanos reconhecem como sendo seu. Foi novamente o cavaleiro negro?
Três anos mais tarde, Gordon Cooper foi lançado ao espaço para fazer a missão de circundar a Terra 22 vezez. Em sua última órbita, relatou ter visto uma luz na frente de sua cápsula. Diz-se que a estação de rastreamento Muchea, na Austrália, captou um eco radar do objeto relatado por Cooper. Eles dizem que a versão da NASA é que o equipamento de ventilação funcionou mal e o excesso de CO2 fez o astronauta ver alucinações. Na época, esse objeto misterioso já era chamado de “O Cavaleiro Negro”.

Em 1973, Duncan Lunan pesquisador escocês, escreveu um artigo sobre o voo espacial em um jornal da Sociedade Interplanetária Britânica, no qual ele detalhou como ele tinha identificado e decodificado uma mensagem emitida em 1920 a partir de um satélite em órbita da Terra, capturado por um norueguês e pesquisadores alemães que estavam realizando um estudo sobre o efeito de ecos de longo atraso.Lunan sustentou que a mensagem veio de um objeto no ponto de Lagrange L5, e continha um convite dos habitantes de um planeta do sistema estelar Epsilon Boötis. Segundo ele, a mensagem dizia:

“Comece por aqui. Nossa casa está em Boötis Epsilon, que é uma estrela dupla. Vivemos no sexto planeta de sete do maior dos dois sóis. O sexto planeta tem uma lua. O nosso quarto planeta tem três. Nosso primeiro e terceiro planetas, um cada. A sonda está na posição de Arcturus, como os nossos mapas.”

Mas a evidência gráfica veio com a missão espacial STS-88, a primeira missão para levar o equipamento à ISS. As câmeras da Endeavour capturaram vários objetos estranhos e as fotografias foram publicadas pela NASA. Mas, aparentemente, após alguns dias, as fotografias misteriosamente desapareceram. Mas eles já tarde, pois já haviam sido publicados em outros lugares, inclusive aqui no UFOSFACTS.COM.
De acordo com a NASA, o que você vê nestas imagens são partes descartadas da própria nave.
É verdade que existe um satélite em órbita da Terra,há milhares de anos emitindo um convite para um encontro entre civilizações? Por que estão escondendo de nós? 
Se você gosta deste tipo de histórias, não leia, mas se você preferir saber a verdade, você deve.
Nicola Tesla
(1856 – 1943)
Em 1899 Nicola Tesla pegou o sinal de um pulsar. Um pulsar é uma estrela de nêutrons que emite radiação periódica. Pulsares tem um forte campo magnético que induz a emissão desses pulsos de radiação eletromagnética em intervalos regulares referentes ao período de rotação do objeto. De fato, em 1967, quando Jocelyn Bell e Antony Hewish descobriram oficialmente o primeiro pulsar, também acreditavam que tinham contactado uma civilização inteligente, uma vez que a frequência do sinal parece eliminar a possibilidade de um fenômeno natural.
Donald Keyhoe
Notícias de 1954, relatam a existência de uma ou duas naves afirmou em órbita da Terra, se os lermos as notas sarcásticas ditas por Donald Keyhoe, um piloto do Exército dos EUA, que se tornou famoso em 1950, afirmando que os Estados Unidos estavam conduzindo experiências com OVNIs e para esse ano estava promovendo seu livro “Flying Saucers from Outer Space“. Para fazer isso você não vai pensar em outra coisa ao ver que o Secretário da Força Aérea estava ciente da existência destas duas naves, o que foi imediatamente negado, conforme descrito nos artigos. 
O projeto “Discoverer” foi uma série de satélites de reconhecimento que foram lançados entre 1959 e 1972 em 14 de agosto de 1959, o retrorocket o Discoverer VIII foram ativados do solo, mas a nave não estava na posição correta e o que aconteceu foi que em vez de desacelerar e entrar a atmosfera, disparou para uma órbita mais alta e desapareceu. Os satélites de digitalização em rede Dark Fence, foi colocado em operação no final de 1959 e este objeto detectado em fevereiro de 1960, mas poucos dias depois foi identificado como sendo o satéite Discoverer VIII satélite perdido anos atrás. Este artigo (também publicado na mídia como a Time, em referências) raramente é citado nos sites que falam sobre o Cavaleiro Negro.
Gordon Cooper não viu UFO em sua missão espacial. Ele sempre se recusou, como lemos na revista Space.
Cooper negou categoricamente a afirmação tantas vezes repetida por vários autores ao longo dos anos, incluindo Allen Hynek e Jacques Vallee, que viu um objeto em sua missão Mercury 9 em 1963. Durante o programa de radio “Coast to Coast”, Cooper disse:

“Não, Alguém fez muito dinheiro vendendo….mentiras como esta. Tudo isto é completamente falso.”

A interpretação dos LDEs (ecos de atraso) por Duncan Lunan, ainda é um exercício de imaginação. Quando um sinal para a atmosfera, lançamentos, por vezes, chega um eco devolvido depois de um período de até 15 segundos.O atraso é tão grande que não pode ser atribuída às condições meteorológicas ou tempestades magnéticas. Até agora, a causa ainda não é totalmente compreendido, mas a interpretação da aleatoriedade dos ecos pode ser feito da maneira que mais lhe interessa. As DSLs são devido a um fenômeno atmosférico que em breve irão entender.
Segundo a NASA são apenas objetos de plástico, embalagens de sobras e até chapéus deixados no compartimento de carga do ônibus espacial, e liberados no espaço quando as comportas do porão de cargas foram abertas. Então em 2010 eu respondi a uma mensagem que enviei ao JPL para pedir informações sobre um objeto semelhante fotografado na missão STS-98. Os objetos que se deslocam a partir da velocidade relativa em relação a nave, como a ilustrada na missão STS-88.
Observação do Ufosfacts : “É inadmissível aceitar que objetos alheios são deixados acidentalmente em uma nave que será lançada ao espaço, procedimento este que envolve altíssimos protocolos de segurança. Objetos de plástico e até mesmo Bonés? Esta é a mais ridícula das desculpas emitidas pela NASA e chega ser uma afronta à inteligência humana”
As fotos na verdade nunca foram apagadas e sim os links publicados que não utilize o protocolo FTP em vez de http estão errados. Os endereços corretos são estes:

MISTÉRIO : CABEÇA DE ESTÁTUA É FOTOGRAFADA EM FOTO PANORÂMICA DE MARTE

in Marte/Misterios/NASA by
Você já deve ter visto ou ouvido falar sobre Lagartos, ET´s sentados, Iguanas, Blindados e outras loucuras que não passam de frutos de uma imaginação fértil de um grupo de pessoas que tem como passa tempo ou até mesmo como obstinação, encontrar provas nas fotos enviadas pelos robôs da NASA para a exploração do solo de Marte.
Desde as primeiras fotos, já começaram a surgir as primeiras manchetes em sites e programas sensacionalistas envolvendo a aparição destes objetos e até mesmo simples meteoritos ou sujeira nas lentes dos robôs tomados como supostos UFOS sobrevoando o planeta vermelho.
Mas, esta ultima foto divulgada pela NASA finalmente supera todas as outras suposições e nos coloca um ponto de interrogação sobre nossas cabeças. 
Durante uma foto panorâmica feita pelo Mars Rovers, foto que pode ser acessada no link oficial do site da NASA é possível observar a direita da foto, ampliando 30%, o que parece ser nitidamente a cabeça de uma estátua estilo egípcio, isso mesmo, lembra muito aquelas estátuas que podemos ver até hoje no Egito e em museus ao redor do mundo. o UFOSFACTS ampliou a foto para que você tire suas próprias conclusões.

Clique na Foto para ampliar
 

MISTÉRIO : ROCHA APARECE EM FRENTE DO MARS ROVER OPPORTUNITY

in Marte/Misterios by
Uma comparação de duas fotografias de sol 3528 e 3540 da missão da Opportunity 
(Sol é um dia marciano). Observe a rocha em forma e tamanho de um “donut” 
no centro da fotografia para a direita. Pequenos ajustes de brilho e contraste foram
feitas para essas imagens. (NASA / JPL-Caltech)
Após uma década de exploração na superfície de Marte, os cientistas que vigiam o veterano Opportunity pensaram que tinham visto de tudo. Isso foi até uma rocha misteriosamente “aparecer” a poucos metros a frente do rover de seis rodas há poucos dias.’
Notícias da rocha errante foram anunciadas pela NASA Mars Exploration Rover pelo cientista Steve Squyres, da Universidade Cornell em um especial da NASA Jet Propulsion Laboratory “10 anos de Roving Mars”, um evento do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), em Pasadena, na Califórnia, na ultima quinta-feira.O evento cientifico público estava repleto de estrelas e foi realizado em comemoração da década desde que os rovers gêmeos Spirit e Opportunity pousaram no planeta vermelho em janeiro de 2004.
Enquanto narrava as descobertas científicas feitas por ambos os rovers ao longo dos anos, Squyres discutiu a recente constatação de suspeita de gesso perto da borda da Cratera Endeavour – uma região de Meridiani Planum que o Opportunity vem estudando desde 2011 – e a descoberta de argilas que provavelmente foram formadas em um ambiente úmido de pH neutro no passado de Marte. Embora essas descobertas têm sido nada menos do inovador, Squyres compartilhou a empolgação da equipe do rover Mars com uma pedra estranha, exclamando: “Marte continua jogando coisas novas para nós”
Em uma comparação de fotografias recentes captadas pela câmera panorâmica do robô, ou Pancam, só a rocha pode ser vista no sol 3528 da missão (Sol é um dia de Marte, que é um pouco mais do que um dia na Terra). Mas no sol 3540, uma pedra do tamanho de um punho tinha aparecido. Os cientistas prontamente apelidaram o objeto de “Pinnacle Island.”
“É do tamanho de um donut de geléia”, disse Squyres. “Foi uma surpresa total, eram como ‘espere um segundo, não estava lá antes, não pode estar certo. Oh my god! Ela não estava lá antes! ‘Estávamos absolutamente assustados “.
Mas se o Rover não andou por esta área, de onde vem a misteriosa rocha?
Apenas duas opções foram até agora identificados como a fonte da rocha 
1) O rover ou “virou” o objeto quando ele manobrou
2) Ela caiu ali, bem na frente do rover, depois de um evento de impacto de algum meteorito nas proximidades. A teoria da ejeção pelo impacto, no entanto, é o menos provável dos dois. 
“Então, meu melhor palpite para esta pedra … é que é algo que estava por perto”, disse Squyres. “Devo salientar que eu estou supondo que agora, mas eu acho que isso aconteceu quando o rover fez uma volta no lugar de um ou dois metros de onde esta pedra está agora.”
O atuador do sistema de direção direito do Opportunity parou de funcionar, assim Squyres identificou que, pode ser o possível culpado por trás de todo o mistério. 
Cada roda sobre o rover tem seu próprio atuador. No caso de um atuador falhar, a mobilidade do robô pode ser afetada. No caso desta roda, ela não pode mais virar à esquerda ou à direita. “Então, se você faz uma volta no lugar sobre a rocha”, continuou Squyres “, como você gira a roda do outro lado da rocha, vai meio que ‘Arrastando’.” Este movimento agitado em toda a base pode ter impulsionado a pedra para fora do lugar “chacolhando “o objeto a partir de sua localização sendo capaz de virá-lo a poucos metros de distância do rover.
Embora esta seja a principal teoria por trás do caso da rocha aleatória, Squyres apontou que a investigação ainda está em curso e em alguns dias sua equipe poderá definitivamente dizer onde Pinnacle Island veio. 
O Opportunity sobreviveu à sua principal missão de 3 meses por 10 anos, cavocando cerca de 23 milhas no odômetro até agora. A sua irmã Spirit sucumbiu aos elementos de Marte em 2009, quando ficou preso em uma armadilha de areia na Cratera Gusev. A missão da Spirit foi declarada perdida quando elaaparou de transmitir em março de 2010, provavelmente após ter toda sua energia drenada. Embora a Spirit tivesse o tempo mais áspero em Marte e tendo sido a primeira morrer, ela também foi um grande sucesso, ajudando a nossa compreensão da história geológica de Marte até perder a sua garantia de 5 anos. Mas agora é só Opportunity e com a chegada do novo Curiosity em Marte, mais um soldado a revelar mais do que jamais sonhou com o nosso planeta vermelho vizinho.

MISTÉRIO SEM RESPOSTA-O RELÓGIO ENCONTRADO EM TUMBA DA DINASTIA MING DE 400 ANOS

in Misterios by
Uma legião de fanáticos por enigmas históricos já conhece esta terminologia, mas para os que não sabem OOPArt é uma sigla para Out of Place Artifact (Objetos fora de lugar). 
Relógio de Metal contendo a inscrição “Suiça” foi encontrado na China
em Dezembro de 2008, na Tumba de Si Qing, da dinastia Ming de 400 anos
Clique na imagem para ampliar
Trata-se da descoberta de objetos durante escavações arqueológicas, paleontológicas ou mesmo por acaso, que, por suas características, não condizem de forma alguma com o local ou época em que são encontrados.   Esses objetos anacrônicos, que passaram a ser denominados pela sigla OOPArt pelo escritor e biólogo escocês Ivan T. Sanderson (1911-1973), costumam ser considerados por parte das pessoas como uma evidência de um suposto contato em nosso planeta com civilizações extraterrestres. Um dos possíveis OOPArt é um relógio de metal encontrado na China, em dezembro de 2008, na tumba de Si Qing, da dinastia Ming, de 400 anos de idade. O relógio tem apenas 100 anos e contém a inscrição “Suíça”, um país inexistente durante a dinastia Ming.   
O pesquisador Jiang Yanyo, antigo curador do Museu de Guanxi, relata a descoberta: “Estávamos escavando e revirando o solo, em volta do caixão, quando um pedaço de pedra caiu no chão e fez um ruído metálico. Recolhemos então um objeto, que, em princípio, parecia ser um anel, mas, depois de limpo, constatamos, boquiabertos, que se tratava de um relógio”. Desde então, para muitos, trata-se de uma prova irrefutável da presença de visitantes extraterrestres no passado de nosso planeta, ou de uma civilização que descobriu como viajar pelo tempo.

Pesquisadores descobrem a verdadeira origem das pedras de Stonehenge

in Documentos Revelados/Misterios/News by
Após décadas de investigações, pesquisas e intrigas, parece que finalmente um dos grandes mistérios da antiguidade chega ao seu fim: a origem das pedras utilizadas na construção de Stonehenge, o misterioso monumento megalítico. Um grupo de geólogos galeses publicou um artigo na semana passada no Western Mail assegurando conhecer a procedência exata das pedras. Segundo a publicação, cujas informações já foram verificadas para publicação no Diário de Ciência Arqueológica as pedras foram retiradas e transportadas de uma montanha localizada em Pembrokeshire, a 241 quilômetros de distância (1.6 quilômetros a mais do que se acreditava).
Esta certeza deu aos pesquisadores mais elementos para tentar desvendar um dos maiores mistérios do mundo: como as pedras de Stonehenge alcançaram seu destino final. Entretanto ainda é bastante difícil acreditar que tenham sido transportadas por pessoas, uma dúvida semelhante as pirâmides do Egito e construções Incas. A ciência ainda tenta encontrar respostas para o fato, mas as especulações de ajuda alienígena continuam a ecoar. 

“PEGADAS HUMANAS” pré-históricas com mais de 300 Milhões de anos reforçam teorias de “supostos Viajantes no Tempo” ou “Humanoides que teriam visitado o nosso planeta”

in Misterios by
Durante o mês de junho de 1968, enquanto coletava mostra de fósseis nas redondezas de uma região do estado de Utah, nos EUA, o arqueologista amador Willliam J. Meister descobriu uma suposta pegada humana fossilizada, que foi datada entre 300 milhões e 600 milhões de anos atrás. A rocha estava na formação Wheeler do meio Cambriano — geologicamente datada de mais de 500 milhões de anos atrás. O achado, de início ignorado, causou controvérsia no meio científico, que sempre estipulou que as origens da espécie humana remontam há dois ou três milhões de anos antes da era cristã. A enorme diferença de datas, contudo, não foi a única polêmica em torno do achado. O desenho da pegada humana, também apelidada de “pegada Meister”, dava a ideia de que poderia ter sido feita por uma bota, ou um calçado com algum tipo de salto. Esta observação só causou mais controvérsias em torno da pegada, já que é difícil imaginar como seria possível haver um vestígio de um calçado centenas de milhões de anos antes da invenção de qualquer tipo de sapato. Além disso, esmagado sob a pegada, estariam restos de fósseis de uma trilobita, um animal pré-histórico de ambiente marinho do período Paleozoico – de 540 a 250 milhões de anos atrás. Diversas teorias surgiram para explicar estas 
“supostas pegadas pré-históricas”, desde a existência de uma civilização que teria vivido sobre a superfície da Terra até hipóteses mais ousadas como um “suposto viajante no tempo” ou “humanoides que teriam visitado o nosso planeta”
No entanto, os mais céticos defendem que tudo não passa de um processo geológico que tem a aparência de uma pegada humana e que, inclusive, existem outras “pegadas” similares na região. Já os criacionistas defendem que estas pegadas teriam sido realmente obra de algum humano. 

Objeto não identificado teria se chocado contra turbina eólica no Reino Unido

in Misterios by
Um incidente que causou grandes estragos em uma turbina eólica no condado de Lincolnshire, no Reino Unido, ainda segue sem explicação. O impacto com o objeto provocou a perda de uma pá de 20 metros e causou grandes estragos na segunda pá, em um episódio ainda não esclarecido, ocorrido em 2009. De acordo com um relato da época, do então vereador local, Robert Palmer, foi visto “algo arrendondado, uma luz branca que parecia estar pairando”. A Ecotricity, a empresa proprietária do parque eólico, classificou o estrago nas pás como “único”.
 
Esta turbina é uma das 20 em funcionamento na localidade de Conisholme, em operação desde abril de 2008. Ufologistas da área disseram ter recebido diversos relatos de atividades na área e alguns grupos procuram por novas evidências. Contudo, pouco tempo depois do incidente, foi proibida a busca por detritos no local.
 
De acordo com Peter Schubel, especialista em design e fabricação de pás para turbinas eólicas, da Universidade de Nottingham, seria necessário um impacto com a força de 10 toneladas para fazer este tipo de estrago, caso a pá estivesse parada. Se ela estivesse em movimento, porém, o objeto causador do impacto poderia ser bem menor. Ele apresentou uma explicação bem mais mundana para o mistério:
 
“Definitivamente, não foi um pássaro. Pode ter sido gelo que foi arremessado de uma turbina nas proximidades. A maior parte das turbinas tem um sistema antigelo nas pás, mas talvez isso tenha falhado e houve formação de gelo”

Joias de tumba egípcia de 5 mil anos têm origem extraterrestre, diz estudo

in Aliens/Egito/Misterios by
Contas egípcias antigas encontradas em uma tumba de 5 mil anos de idade foram feitas a partir de meteoritos de ferro que caíram para a Terra, de acordo com um novo estudo. As contas, que são os mais antigos artefatos de ferro conhecidos no mundo, foram produzidos 2 mil anos antes da Idade do Ferro, no Egito. O estudo foi publicado no Journal of Archaeological Science.   Em 1911, nove contas em forma de tubo foram escavadas de um cemitério antigo perto da aldeia de el-Gerzeh, ao sul do Cairo, de acordo com o principal autor do estudo sobre os objetos, Thilo Rehren, professor da UCL Qatar, uma espécie de “posto avançado” na Ásia do Instituto de Arqueologia da University College, de Londres. O túmulo é de, aproximadamente, 3.200 a.C, afirmam os pesquisadores.   

Altas concentrações de níquel   
Dentro da tumba, que pertencia a um adolescente, as contas de ferro foram amarradas a um colar, que estava com outros materiais como ouro e pedras preciosas. Os primeiros testes para análise dos elementos dos artefatos revelaram, curiosamente, altas concentrações de níquel, o que levantou a hipótese de que estes elementos poderiam ter origem de meteoritos de ferro.
Porém, ainda não havia uma prova definitiva de origens cósmicas das contas, já que persistiram questões sobre se quantidades semelhantes de níquel poderiam estar presente em outros artefatos de ferro produzidos pelo homem. Ao digitalizar as esferas de ferro com feixes de nêutrons e raios gama, os investigadores encontraram altas concentrações de cobalto, fósforo e germânio, estes elementos estavam presentes em níveis que só ocorrem em meteoritos de ferro.   

Como eles trabalharam a partir do meteoro?   
Agora que a origem do material parece estar mais clara para os pesquisadores, a pergunta é: como estas contas foram fabricadas pelos homens daquela época a partir de um meteoro, um objeto que, teoricamente, não é fácil de ser trabalhado?   
Para os pesquisadores envolvidos no estudo, esta seria uma operação demasiadamente elaborada para algo que teria ocorrido há 5 mil anos, já que assumimos historicamente que a Idade do Ferro no Egito começou há 3 mil anos. Após outros exames de raios-X, os pesquisadores sugerem que os meteoritos de ferro foram aquecidos e martelados em folhas finas e, em seguida, tecidas em torno de palitos de madeira para criar as contas em forma de tubo. Outras pedras encontradas na mesma tumba exibem técnicas de trabalho mais tradicionais, como escultura e perfuração.   

Estudos anteriores
Esta não é a primeira vez que as contas desta mesma tumba egípcia são associadas ao cosmos. No início deste ano, em maio, pesquisadores da Open University e University of Manchester publicaram um artigo na revista Meteoritics and Planetary Science sobre as origens celestiais das contas antigas.   
Outros pesquisadores identificaram diferentes artefatos que também têm origens do espaço. No ano passado, cientistas alemães descobriram uma estátua de Buda esculpida a partir de um meteorito entre os séculos 8 e 10 d.C.

Nem a ciência explica: O mistério das Bolas de Fogo do Rio Mekong [VÍDEO]

in Misterios/UFOS by
Todos os anos por volta desta época, o gigantesco rio Mekong que percorre a Ásia, oferece um maravilhoso e intrigante espetáculo. Há centenas de anos, peregrinos e turistas dirigem-se a Laos e Tailândia para testemunhar as bolas de fogo que brotam da água e sobem ao céu. Nem mesmo o avanço da ciência pode explicar este fenômeno natural. Diversos estudos foram realizados pelo Ministério de Ciência e Tecnologia da Tailândia entretanto, a conclusão deles é apenas uma teoria que a origem dos fogos viria da emissão de gás metano, produzido no fundo do rio pela ação de bactérias.  
Outras hipóteses apontam para a combinação dos gases fosfano e difosfano, que são incolores e explodem quando expostos à temperatura ambiente. Entretanto, não existe uma explicação final sobre como e onde são produzidos.
Não faltam outras ideias, como a do professor Jessada Denduangboripant, da Universidade de Chulalongkorn, em Bangkok, que afirma que as bolas de fogo são um artifício criado pelo homem. Como o fenômeno ocorre na época da Vassa, a quaresma budista, reza a lenda que tudo seria parte de uma manifestação de Naga, a serpente que vive no fundo do rio e lança bolas de fogo aos céus para saudar Buda. 

A dificuldade de ver as bolas de fogo existe devido à distância 
da margem do rio em relação à localidade do fenômeno. 

Desvendado o mistério da ilha de luz do Oceano Atlântico

in Casos Desvendados/Misterios by

Uma estranha formação luminosa, detectada no meio do Oceano Atlântico, a 300 quilômetros da costa da Argentina, apareceu na imagem de um mapa noturno da Terra, produzido pelo Centro Nacional de Dados Geofísicos dos EUA e pelo Observatório Terrestre da Nasa, em dezembro de 2012. A partir daí, o mistério chamou a atenção da opinião pública e de muitas pessoas que passaram a elaborar teorias para explicar o que seriam os pontos de luz flagrados em um local onde deveria haver somente água e escuridão. Enquanto alguns pensavam que se tratava de uma ilha desconhecida ou de alguma mensagem de outro mundo, a resposta para o mistério era algo bem mais próximo da nossa realidade. 
ENTENDA:
De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento da Pesca na Argentina, tudo não passou de barcos de pesca em alto mar, agrupados pelas linhas invisíveis da borda submarina da plataforma continental, pela corrente das Malvinas e por áreas permitidas para a pesca, durante uma saída para capturar o Illex argentinus, uma lula com tentáculos pequenos que vive nas águas da região. Para esta pesca, são usados potentes refletores para atrair o plâncton e os peixes, os quais, por sua vez, atraem as lulas. Desta maneira, descartadas as hipóteses esdrúxulas sobre as “misteriosas luzes”, o saldo positivo foi a apresentação de uma poderosa ferramenta que pode ser usada para coletar informações sobre a realidade pesqueira dessa região no meio do oceano.  
Fonte: Nasa

Criatura “alienígena” submarina causa furor na internet [vídeo]

in Misterios by
Uma imagem que parece ter saído de um filme de extraterrestres intrigou cientistas da NASA, entretanto, a criatura em questão pertence tanto ao nosso planeta como o mar onde vive. Trata-se de uma tipo de lula gigante conhecida como Magnapinna, da família dos moluscos. Com um par de aletas dorsais que superam o tamanho de seu próprio corpo e finas patas que podem chegar a sete metros de largura, o “lulão” não faria feio nas telas do cinema.    
A espécie habita águas marinhas de grande profundidade, portanto não é comum encontrar um de seus exemplares. O primeiro destes encontros foi documentado em 1907 e apesar de outros relatos, a criatura havia conseguido ludibriar os fotógrafos. Entretanto, com o avanço de equipamentos de gravação de vídeos submarinhos, diversas imagens da espécie foram registradas ultimamente. O último vídeo foi gravado a 2.836 metros de profundidade nas águas de uma região de perfuração petroleira, explorada pela Shell Oil Company, no Golfo do México.

Assista ao vídeo que causou furor na internet



Gigantesco pentagrama é encontrado no Cazaquistão

in Misterios by
O mistério sobre um enigmático e gigantesco pentagrama encontrado em imagens do Google Maps parece ter finalmente chegado ao fim. A figura de cinco pontas, com aproximadamente 366 metros de diâmetro, aparece em imagens aéreas de uma região pouco habitada da Ásia Central, no Cazaquistão, em que a cidade mais próxima é Lisakovsk, distante 20 quilômetros desta figura.   De acordo com a arqueóloga Emma Usmanova, da Universidade de Karaganda (Cazaquistão), existe uma resposta bastante racional para a questão. De acordo com ela, trata-se de um contorno de um parque da era soviética, o que explica o formato de estrela. O parque foi demarcado com vários caminhos que, hoje, estão cobertos por árvores, o que faz com que o desenho do pentagrama fique bem mais nítido em uma foto aérea.   A região em torno de Lisakovsk está repleta de ruínas arqueológicas, com assentamentos da Idade do Bronze, cemitérios e outras construções – muitas ainda pouco exploradas. O Cazaquistão fazia parte da antiga União Soviética até sua dissolução em 1991.

CIENTISTAS AFIRMAM TEREM DECIFRADO O MISTÉRIO DO TRIANGULO DAS BERMUDAS

in Misterios by
Certamente você já ouviu as histórias de horror de desaparecimentos de aviões, navios e pessoas no Triângulo das Bermudas. Muitos atribuem estes acontecimentos estranhos às forças escuras, proibidas ou Aliens, mas o mistério do Triângulo das Bermudas nunca teve uma explicação científica credível até agora.
De acordo com um relatório de dois cientistas do American Journal of Physics, a razão pela qual e este ponto geográfico mundial apresenta estes fenômenos estranhos e aterradores onde coisas desaparecem, se dá porque nessa área acontece o fenômeno conhecido como gases de condensação australianos e estes gases são chamados de Gases hidratos de metano, composto que forma bolhas, que impedem a sustentação natural da resistência da água, quer dizer, um barco ou qualquer objeto boiando, afunda. O metano é exausto e torna-se bolhas de gás espalhando-se em proporções geométricas para cima.
De acordo com experimentos, mostrou-se que qualquer navio que entra em contato com essas bolhas irá perder a capacidade de flutuar e afundará no oceano, isto porque a densidade da água diminui. Se a bolha for suficientemente grande e ser suficientemente de alta densidade, pode alcançar o espaço aéreo e interceptar aeronaves que transitam pelo setor.

DESCOBERTA DE ATLÂNTIDA? PIRAMIDES GIGANTES E ESFINGES ENCONTRADAS NO LENDÁRIO TRIANGULO DAS BERMUDAS

in Mexico/Misterios by
Dois cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, trabalhando na costa de Cuba e usando um robô submersível, confirmaram que uma cidade gigantesca existe no fundo do oceano. O local da antiga cidade – que inclui várias esfinges e pelo menos quatro pirâmides gigantes, além de outras estruturas surpreendentemente fica dentro dos limites do misterioso Triângulo das Bermudas.

De acordo com um relatório da Arclein of Terra Forming Terra, Cuban Subsea Pyramid Complex, as evidências apontam para a cidade que foi inundada  com a subida das águas e do afundamento da terra para o mar. Isso se correlaciona exatamente com a lenda da Atlântida.
O desastre pode ter ocorrido no final da última Idade do Gelo. À medida que a calota de gelo do Ártico derreteu causou o aumento catastroficamente do nível do mar que subiu rapidamente em todo o mundo, afetando especialmente o Hemisfério Norte. Linhas costeiras e  ilhas desapareceram.
Arclein observa: “Na época porções erguidos da Crista Média Atlântica diminuiu incluindo também Lyonese e as ilhas próximas e massas de terra em torno dos Açores. Mesmo que isso não tivesse acontecido, este afundamento foi amplamente grande o suficiente.
Isso teria produzido uma pressão ortogonal forçando subsidência a leste ou oeste. Desde o cume entre Cuba e Yucatan onde é o ponto natural de fraqueza entre a bacia de subsidência do Golfo e da bacia de subsidência do Caribe, ele naturalmente diminuiu profundamente. A causa para tudo isso foram as mudanças hidrostáticas provocadas tanto pela mudança de origem crustal de 12.900 anos atrás, que eu chamei de inconformismo Pleistoceno e o soerguimento lento da Bacia da Baía de Hudson provocada pelo fim da Idade do Gelo “.
Pesquisadores de uma empresa canadense usado equipamento sonar sofisticado para localizar e estruturas de pedra a mais de 2.000 pés (650 metros) abaixo da superfície do mar.
Advanced Digital Communications é uma das quatro empresas que trabalham em uma joint venture com o governo do presidente Fidel Castro para explorar águas cubanas, que possuem centenas de navios carregados de tesouros da época colonial espanhola.
Robot scanner
Os exploradores viram pela primeira vez a cidade debaixo d’água no ano 2000, quando o equipamento de digitalização começou a produzir imagens de estruturas de pedra simetricamente organizados que lembram um desenvolvimento urbano.
Em julho, os investigadores voltaram ao local com um dispositivo robô exploratório capaz de altamente avançado para o trabalho de filmagem subaquática.
As imagens do robô trazidos confirmaram a presença de grandes blocos, lisos com a aparência de granito cortado.
Imagens de sonar da mega-estruturas no fundo do mar
Alguns dos blocos foram construídos em formas de pirâmide, outros eram circular, disseram os pesquisadores.
Eles acreditam que essas formações poderiam ter sido construída há mais de 6.000 anos atrás, uma data que antecede as grandes pirâmides do Egito por 1.500 anos.
“É uma estrutura realmente maravilhosa e que realmente parece que ela poderia ter sido um grande centro urbano”, Disse ADC explorer Paulina Zelitsky à agência de notícias Reuters.
Pirâmides e esfinges maiores do que as do Egito
A prova de que a ilha de Cuba é o vestígio de uma cultura outrora poderosa é suportado pela descoberta na ilha de Zalitzki de símbolos muito antigos e pictogramas idênticos aos observados nas estruturas subaquáticas.
Usando submersíveis de exploração, eles descobriram estruturas piramidais incrivelmente enormes semelhantes (mas maior do que) as pirâmides em Giza, no Egito. Eles estimam que as pirâmides Atlântida são construídas com pedras que pesam centenas de toneladas.

Falando com um cientista sobre a possibilidade de que as ruínas são realmente Atlântida, Fernandez relata o que o especialista respondeu:
“… Nas culturas Yucatan, hoje, é possível que o que ainda resta dos aborígenes desses lugares talvez os Olmecas ou alguma civilização muito primitiva de Yucatan, a parte norte da América Central originadas de acordo com eles em uma ilha que afundou por um cataclismo. Esta ilha é chamada Atlanticú “.
Isso também se encaixa as histórias sobre o súbito desaparecimento de Atlântida.
Atlanticú. Atlântida. Os nativos aborígenes ainda chamam de que, em sua história.
Durante uma entrevista sobre a exploração da mega-cidade, Fernandez pediu a cientista-chefe Pauline Zalitzki que falasse sobre a civilização que construiu.
“Quando publicou a primeira notícia desta descoberta”, disse ela, “a Universidade de Veracruz estava interessada em nosso trabalho e que tinha gravado imagens destas estruturas no fundo do mar. Especificamente, o Instituto de Antropologia da Universidade de escavações me convidou. Eles estavam fazendo [estudos] em peças e ruínas da civilização olmeca.
Os olmecas e outros povos nativos têm morfologia principal que marca a chegada deste continente. Isso significa vindo da direção de Cuba, e teve que ocorrer em um grande terremoto em sua terra afundou. Morfologias indicam que eles pertencem a três famílias que foram salvas. Uma dessas famílias vieram para a costa de Veracruz, que são supostamente os olmecas. Outros vieram para a América Central e viajou para a costa do Pacífico, e estas famílias criaram a civilização das Américas, tal como a conhecemos hoje, porque eles distribuíram todo o seu conhecimento.
Quando esses antropólogos viram as imagens subaquáticas desta cidade, e viram alguns monólitos de pedra, alguns símbolos e inscrições, eles identificaram como sendo olmecas. Eles ficaram muito surpresos. “
Os olmecas descentralizados dos sobreviventes da Atlântida, uma cultura muito superior destruida até o final da Idade do Gelo pelas inundações. O mundo foi reformulado e uma super-civilização destruída, lembrada por milênios somente em lenda e uma referência passada pelo filósofo Platão.
Mas Atlântida era real, é real: os cientistas Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki afirmam ter finalmente encontrado.

SUPOSTOS ALIENS SÃO FILMADOS NOS USA E RUSSIA

in Misterios/Videos by
No primeiro vídeo que teria sido realizado no esgoto de uma cidade americana, durante uma verificação de rotina, podemos ver uma estranha criatura “observando” o que está acontecendo. Já no segundo vídeo, gravado na Rússia, podemos ver um vulto passando em frente a câmera.

FENÔMENO DAS ROCHAS DESIZANTES DESVENDADO PELA NASA

in Misterios/NASA/News by
Pedras aparentam se mover sozinhas sobre deserto nos Estados Unidos
Na superífice obscura e rachada de um lago seco no Vale da Morte, na Califórnia (Estados Unidos), pedras se movem sozinhas no deserto. Sobre a árida Racetrack Playa, as rochas – algumas pesando mais de 300 quilos – deixam rastros sobre a areia, marcando seus inexplicáveis movimentos. Algumas das trilhas têm quase 200 metros de comprimento. A força “mágica” por trás dessas “rochas deslizantes” tem sido um mistério para cientistas há quase um século. Agora, um geólogo da Nasa, a agência espacial americana, acredita ter finalmente encontrado a resposta.
“Basicamente, uma placa de gelo se forma em torno da rocha, e o nível do líquido muda até que a pedra começa a flutuar na lama. É uma pequena camada de gelo flutuando que tem uma espécie de quilha voltada para baixo e pode cavar uma trilha no barro mole”, afirmou Lorenz.
Até hoje, nenhum cientista conseguiu gravar uma rocha se movendo. Acredita-se que ninguém tenha jamais visto uma delas deslizando. Apesar dessa nova explicação para a movimentação das rochas deslizantes, muitos visitantes do Vale da Morte continuam atribuindo propriedades mágicas às pedras de Racetrack Playa. Alguns alegam que o fenômeno é causado por magnetismo, a ação de alienígenas ou ainda campos de força misteriosos.

POSSÍVEL QUEDA DE UM UFO EM QUINCY,MA – FAA ORDENA PREFEITO A FICAR DE FOR E AUMENTA MISTÉRIO

in Misterios/USA by
Nos últimos dias um mistério ganhou força na cidade de Quincy,MA, pois uma aeronave Cessna, que os moradores têm capturado em fotografias, ficou sobrevoando durante semanas, girando em círculos ao redor do Quincy e Milton. Estas manobras chamaram a atenção da população que buscam informações sobre os motivos para isso.
“Recebemos muitos telefonemas e a resposta é a mesma”, disse Christopher Walker, porta-voz do prefeito Thomas Koch. “A FAA confirmou que é um voo sancionado, e não há nenhuma informação além disso.”


Os porta-vozes da FAA disseram que a aeronave não é um robô, mas se recusou a dar mais detalhes sobre o propósito da máquina.
Fotos de um dos aviões que foram vistos voando sobre Quincy mostram que, apesar das suspeitas, a aeronave não é um Drone.
A matricula, N906TM, que pode ser visto em uma foto, é registada para uma companhia chamada RKT produções. A única informação que pode ser encontrado sobre a empresa é uma caixa postal em Bristow, Virgínia
Um porta-voz do aeroporto mais próximo, Manassas Regional Airport, nunca tinha ouvido falar da empresa e disse que o avião decolou daquele aeroporto.
 Mas os moradores Quincy dizem que há mais de uma aeronave sobrevoando.
“Há definitivamente mais do que um avião”, disse Jennifer Azevedo-Andre, que vive em Merrymount. ” O outro tem uma barriga azul escuro. Meu marido é um piloto … e um  Cessna só pode voar por sete a oito horas, por isso com certeza outra aeronave vem para substitui-la e continuar o sobrevoo.”
Moradores não viram o número da Matricula no segunda aeronave.
 Para os moradores, o objetivo do avião é praticamente irrelevante, como é o ruído, contínuo desde o final de abril, que foi o mais angustiante.
“Somos pessoas muito razoáveis​​”, disse Azevedo-Andre. “Pode haver uma razão válida para que sejam secretas, para explicar que poderia minar a sua finalidade, mas posso tolerar por muito tempo e ninguém pode dar-nos um calendário de quando isso vai parar.”
Os vôos cessaram durante as chuvas recentes, mas Andre estava preocupado que eles possam começar de novo em breve.

Michael Gundersen, residente Wollaston, concordou que o barulho era, às vezes, insuportável.
“Foi basicamente todos os dias, e já notava quando acordava de manhã. E eu ia para cama tarde mais ou menos 1:00 da manhã, e os voos continuavam até umas 02:00, 03:00, e eu queria dormir, mas não conseguia. Mesmo com as janelas fechadas, você podia ouvir o barulho “, disse Gundersen.

ESFERAS METÁLICAS SÃO ENCONTRADAS POR ARQUEÓLOGOS EM TEMPLO NO MÉXICO

in Mexico/Misterios by
Arqueólogos que estudam o sítio arqueológico mexicano de Teotihuacán descobriram uma grande quantidade de esferas metálicas em uma câmara subterrânea localizada abaixo do Templo de Kukulcán (ou “Serpente Emplumada” na língua maia). A descoberta, anunciada pelo Instituto Nacional  de Antropologia e História (Inah) do México no final de abril, faz parte de um trabalho de investigação das estruturas internas da pirâmide, possibilitado através do uso de um robô.
As esferas dispostas no chão de uma câmara subterrânea de Teotihuacán
As esferas encontradas possuem de 4 a 12 centímetros e são a partir de um núcleo de argila envolto em pirita, um mineral que, ao longo do tempo, oxidou e se transformou em jarosita. As pequenas orbes, que estavam em uma das câmaras recentemente descobertas do Tempo de Kukulcán, foram descritas pela equipe arqueológica como um achado inédito. Elas provavelmente eram usadas como uma espécie de oferenda, mas caberá à investigação arqueológica descobrir o significado envolto nestes artefatos.
Visão geral da câmara descoberta pela equipe da Inah
A equipe do Inah está adentrando o interior de Kukulcán com a ajuda do Tláloc II-TC, um robô explorador. Com ele, descobriu-se em um túnel subterrâneo a existência de três novas câmaras onde antes de imaginava que houvesse somente uma. “Agora que sabemos que se trata de três câmaras, o passo seguinte é tomar as medidas pertinentes para a remoção dos sedimentos e dos materiais dispostos pelos habitantes de Teotihuacán para bloquear esta última parte do túnel”, disse em um comunicado o arqueólogo Sergio Gómez Chávez.
Fonte: Terra

SEQUESTRADO POR ALIENS? O PILOTO QUE DESAPARECEU DURANTE UM ENCONTRO COM UFOS PERMANECE UM MISTÉRIO

in Austrália/Misterios/OVNIS/UFOS by
Ainda sem solução, o caso do o piloto australiano de 21 anos de idade, Frederick Valentich, desapareceu sobre o Estreito de Bass, enquanto voava do Aeroporto Moorabbin em Melbourne para a Ilha King.  Sua última comunicação por rádio ocorreu às 19h12min.  Este foi o maior mistério já ocorrido na história da ovniologia / ufologia australiana.  Até hoje, nenhum sinal foi encontrado do piloto, ou de seu avião Cessna azul e branco, modelo 182.
Na noite de 21 de outubro de 1978 Frederick Valentich chamou pelo rádio o controle de tráfego aéreo em Melborne reportando algumas notícias estranhas. Uma nave não identificada metálica estava brincando com seu Cessna enquanto voava em rota baixa direto para a King’s Island. Ninguém nunca mais viu ou soube algo de seu avião novamente.
Tudo aconteceu durante a maior onda de avistamentos de OVNIs que Austrália já tinha visto. Mais de 50 relatos foram feitos a partir da área de desaparecimento naquele dia em que Valentich voava sozinho. Alguns relataram um objeto em forma de charuto clássico, enquanto outros viram um um objeto em forma de  “estrela do mar” com luzes que pareciam uma “chuva de prata”. Um detalhe que chamou a atenção em grande parte dos relatos foi a informação de ter havido uma grande Interferência Eletrônica.
Algumas testemunhas ainda disseram que viram uma “luz verde” sobre a aeronave de Valentich na noite em questão.
Valentich deixou um legado iminente de seus momentos finais, com uma transmissão de rádio desta bizarra, mas convincente história:
FREDERICK – Melbourne, aqui é Delta Sierra Juliete. Há algum tráfego abaixo de mim a 5 mil?
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, não há nenhum tráfego conhecido.
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, parece ser uma grande aeronave abaixo de mim 5 mil.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, que tipo de aeronave é essa?
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, aqui. Eu não posso precisar. Apresenta 4 luzes. É como as luzes de pouso de uma enorme aeronave.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – Melbourne, aqui Delta Sierra Juliete. A aeronave acaba de passar sobre mim a pelo menos mil pés.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, “roger”. E é uma grande aeronave? Confirme.
FREDERICK – Desconheço devido à sua velocidade. Existe alguma aeronave da Força Aérea nas vizinhanças?
CONTROLE – Delta Sierra Juliete. Não há nenhum tráfego nas vizinhanças.
FREDERICK – Melbourne, está se aproximando agora, vindo do leste na minha direção.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – (microfone se abre por dois segundo e volta a se fechar em torno de seis a sete segundos) Delta Sierra Juliete, aqui. Me parece que a coisa está jogando algum tipo de jogo. Está voando duas ou três vezes a velocidade que eu não posso identificar.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, “roger”. Qual o seu nível atual?
FREDERICK – Meu nível atual é 4,5 mil; 4,5,0,0.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete. E você confirma que não pode identificar a aeronave?
FREDERICK – Afirmativo.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, “roger”. Aguarde.
FREDERICK – Melbourne, aqui Delta Sierra Juliete. Aquilo não é uma aeronave; aquilo está…(microfone se mantêm aberto por 2 segundos e fecha)
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, você pode descrever a aeronave?
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, aqui. Quando passa, parece ser enorme, comprido…(microfone aberto por mais 3 segundos)…não posso identificar mais que… aquilo é muito rápido…(microfone aberto por mais 3 segundos)…está bem na minha frente agora, Melbourne.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, “roger”. Me informe qual o tamanho que o objeto pode ter.
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, Melbourne. Parece que está estacionário. O que eu estou fazendo bem agora é orbitar, e a coisa está orbitando sobre mim também; a coisa tem luzes verdes e algum tipo de superfície metálica, pois toda ela brilha por fora.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – Delta Sierra Juliete aqui…(microfone aberto por 5 segundos)…a coisa simplesmente desapareceu.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – Melbourne, vocês saberiam informar que tipo de aeronave é aquela? Seria uma nave militar?
CONTROLE – Delta Sierra Juliete. Confirme que a aeronave desapareceu.
FREDERICK – Repita por favor…
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, a aeronave ainda está aí com você?
FREDERICK – Delta Sierra Juliete. Está…oh…não…(microfone aberto mais 2 segundos). Está agora se aproximando, vindo de sudoeste.
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, aqui. O aparelho é muito estranho…agora eu o tenho a 23 ou 24…e a coisa está…
CONTROLE – Delta Sierra Juliete, “roger”. Quais são as suas atitudes agora?
FREDERICK – Minha atitude agora é para a Ilha King, Melbourne… aguarde… a estranha aeronave está sobrevoando-me agora, bem acima, novamente… (microfone aberto por 2 segundos)… está acima de mim e não é uma aeronave…
CONTROLE – Delta Sierra Juliete.
FREDERICK – Delta Sierra Juliete, Melbourne… (fim das comunicações após 17 segundos de ruídos metálicos de origem desconhecida).
Estes últimos 17 segundos de transmissão aberta revelou apenas um “som metálico de  raspagem” na fita de gravação da Unidade de Melbourne. Apesar de analisada por um pesquisador da NASA e do Royal Melbourne Institue of Technology, esses sons permanecem um mistério.
Muitas teorias se apresentaram sobre o destino de Frederick Valentich  Alguns sugerem suicídio (embora conhecido como um homem integro), outros uma morte falsificada para cobrar seguro de vida  e de outros,  que ele foi desintegrado ou raptado pelo UFO.O Pai de Fredericki, Guido Valentino, tem realmente encontrado algum consolo na tese de rapto após o desaparecimento de seu filho. De acordo com a AP, “Ele esperava que seu filho tivesse sido levado por um OVNI do que sofrido um acidente. “O fato de que eles não encontraram nenhum vestígio dele apresenta uma possibilidade de que os OVNIs poderiam ter estado lá.”
A última peça do quebra-cabeça é a fotografia tirada por Manifold Roy. Ele montou uma câmera para capturar timelapse do pôr do sol na costa, mas encontrou algo estranho quando revelou. Não parecia ser um objeto inexplicável com uma “nuvem de escape” em uma de suas fotos. De acordo com Roy, estas foram tidas apenas 20 minutos antes da última transmissão de Valentich.
Fotografia tirada por Roy Manifold’s 
 Especialistas de uma organização UFO baseados no Arizona analisaram as fotos e concluiram que o objeto deve estar se movendo a 200 mph, ou pairando estacionária, enquanto as nuvens ultrapassaram a essa velocidade (um feito igualmente intrigante). Abaixo está uma versão melhorada da fotografia original:
Poderia ser este o OVNI que seqüestrou Frederick Valentich?
Foto do Objeto Melhorada e Ampliada
Apesar dos esforços não se encontrou nenhum destroço sequer de uma possível queda – era como se o avião e o capitão simplesmente tivessem sido desintegrados em pleno vôo. Até hoje o incidente envolvendo Frederick Valentich não tem uma explicação racional e, pelo conteúdo de sua comunicação com a Torre de Controle, há grandes indícios que Valentich tenha encontrado um UFO durante seu vôo.

ATIVIDADES NAS CATARATAS DO NIÁGARA AINDA PERMANECEM UM MISTÉRIO

in Canadá/Misterios/OVNIS/UFOS by
Uma testemunha relata atividade OVNI nas Cataratas do Niágara, no Canadá em 11 de Setembro 2012, de acordo com o testemunho documentado no UFO Sightings Daily que foi publicado em 19 de setembro de 2012. O relatório reforça as alegações de uma base militar em Lago Ontário que tinha sido feito pelo comandante X que escreveu bases subterrâneas estrangeiro em 1990 (ISBN :0-938294-92-X).
O UFO Sightings Daily é coordenado por Scott C. Waring, que é um pesquisador UFO e autor que se tornou um astrônomo honorário através de sua pesquisa de investigação independente sobre anomalias no espaço e em planetas como Marte. Mr. Waring serviu à Força Aérea dos Estados Unidos na base de SAC (USAF linha de vôo). Ele atualmente possui uma Escola de ESL em Taiwan.
Mr. Waring  se descreve como a testemunha que fez a gravação de vídeo de atividade OVNI sobre Niagara Falls, Ontário. Prova de vídeo AQUI.

“A pessoa que gravou o vídeo, disse que ele estava segurando os óculos de visão noturna em frente da câmara de vídeo para ver os objetos melhores.”
Mr. Waring descreve a natureza aparente inteligentemente guiada da atividade UFO,
“Parece haver três esferas brilhantes neste vídeo, mas pode ser mais e assumem a formação do triângulo várias vezes.”
Em bases Aliens Subterrâneas, Comandante X apresentou sua representação doUFO relatado atividades sobre o Lago Ontário.
“Algumas coisas muito estranhas foram vistas de ambos os lados canadenses e americanos. Os OVNIs vistos aqui são praticamente sempre os mesmos. Eles são de cor laranja esferas que têm a capacidade de voar através dos céus a velocidades incríveis, enquanto em outros momentos pairaram silenciosamente como diamantes brilhantes no céu noturno. Primeiro surgem do “nada”, e depois pairam por um momento ou dois na própria água antes de submergir nas profundezas do lago Ontário. Se não há uma base OVNI subaquática no Lago Ontário, eu vou comer a minha boina verde “.
Comandante X elabora em evidências fotográficas de UFOs sobre o Lago Ontário.
“De fato, o comportamento estranho no lago tem convencido vários pesquisadores de OVNIs que vivem na área,  que os ocupantes dessas aeronaves têm construído bases submarinas a partir do qual eles estão livres para percorrer o espaço aéreo nas proximidades, sem ser facilmente detectado. Outra prova de que esses relatórios devem ser levados a sério vem na forma de provas fotográficas surpreendente -. Imagens que mostram bizarras, luzes altamente iluminados, cuja origem permanece totalmente desconhecido até esta data “
Luzes estranhas foram registrados novamente sobre
Niagara Falls – Ontário, Canadá
Este filme foi filmado ontem – domingo, 21 março, 2010 às 7:54 pm e é hospedado pelo menos até 10:30 antes que ele desapareceu. Mais informações no vídeo.

Comandante X elabora ainda mais que outros pesquisadores de OVNIs usado semelhantes “visão noturna” técnicas descritas pela Niagara Falls, Ontário testemunha.
“De acordo com Malcolm Williams, pesquisador do Northeastern UFO Organization, fotos infravermelhas tomadas no escuro da noite, a partir das margens do lago Ontário mostram todos os tipos de anomalias que não pode ser nem aeronaves convencionais ou fenômenos meteorológicos. Tomadas em várias ocasiões, as fotos mostram um padrão de luzes no céu que são definitivamente sob controle inteligente como eles zig zagueiam de uma posição para outra, nos céus. Uma foto mostra um objeto realmente pairando em cima da água, aparentemente prestes a fazer um mergulho dentro do lago Ontário. “
Detalhes do comandante X apontam um certo padrão de atividades OVNI concentradas. As observações dos autores são aparentemente reforçadas por um engenheiro aeronáutico.
“Muitas das fotos tiradas por Malcolm Williams, um ex-membro da Royal Astronomical Association, foi feito a partir de uma posição que poderia indicar que a principal área de interesse é o lago entre Oakville e Toronto. Esta teoria é apoiada por Harry Picken, um engenheiro aeronáutico, piloto e ex-presidente da Genair Ltd., uma empresa de pesquisas aeronáuticas de St. Catharines
O cinegrafista apresentado abaixo alega algo ainda estranho como atividades no Lago Ontário.
Ao longo dos anos, muitas ocorrências estranhas têm supostamente ocorrido e em torno do Lago Ontário. Comandante X indica que, em seu livro “O Triângulo dos Grandes Lagos”, diz Jay Gourley de acidentes aéreos vários nesta localidade muito a conferir substância à teoria de que algo totalmente “Alien” está a funcionar e em torno deste corpo de água.

LUZES DE FÊNIX – LUZES MISTERIOSAS AO VIVO DURANTE NOTICIÁRIO LOCAL

in LUZES DE FÊNIX/Misterios/UFOS by
No ano passado, a dois dias do 15° Aniversário de um dos maiores mistérios até hoje muito discutido e sem solução conhecido como “LUZES DE FÊNIX de 1997”, durante uma transmissão ao vivo da filal local da FOX TV, foi colocado no ar o informativo sobre o Tráfego nas estradas locais, utilizando uma imagem de webcam, quando de repente surge uma misteriosa luz que mais parece uma explosão de um transformador e na mesma velocidade que ela surgiu ela some. O fenômeno foi observado por milhares de pessoas ao vivo enquanto assistiam ao noticiário.

Momento em que a Luz Misteriosa surge ao fundo
Diante deste mistério, a produção da FOX TV entrou em contato com os órgãos responsáveis pelo fornecimento de energia elétrica e foram informados de que nada de anormal havia ocorrido naquela área. Em contato com os Bombeiros e a Policia, obtiveram as mesmas respostas e deixando assim como as LUZES DE FÊNIX mais um mistério até hoje sem solução, afinal uma explosão desta magnitude teria causado danos ou até mesmo vitimas e com certeza teria sido relatada.
Nesta reportagem relatando o incidente, o canal FOX 10 pede ajuda do público para identificar o que causou a explosão misteriosa de luz. 

Page 3 of 5
1 2 3 4 5
Go to Top

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com