Author

Ufosfacts

Ufosfacts has 1007 articles published.

UFOS Arizona (HOAX)

in HOAX/UFOS by

Como de costume, o hoaxer SecureTeam10, conhecido com integrante da lista dos maiores fraudadores no youtube, que por sua vez não toma nenhuma providência pelo simples motivo de faturar muito com a distribuição de noticias falsas de seu usuário ilustre.

Conchavos a parte, a bola da vez´é a famosa foto tirada por Mauricio Morales, no Arizona, onde podemos ver um luzes perfiladas no horizonte, as quais o famoso Hoaxer vem divulgado serem UFOs, quando na realidade, este espaço aéreo é frequentemente utilizado para a prática de exercícios militares noturnos para equipes de paraquedistas, como já confirmado, foi o que ocorreu.

Como todos podem ver abaixo, trata-se apenas de um salto noturno com a utilização de Flares, que auxiliam na localização e verificação de posicionamento de todos os membros do pelotão.

 

Documento de Churchill sobre alienígenas é descoberto

in Uncategorized by

O estudo inédito estava no acervo do Museu Nacional de Churchill dos Estados Unidos

Um artigo escrito por Winston Churchill sobre a possibilidade de vida extraterrestre foi descoberto recentemente e analisado pelo astrofísico Mario Livio, cientista do Space Telescope Science Institute (STScI, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, e autor de livros de divulgação científica. O especialista divulgou o achado nesta quarta-feira, na revista científica Nature.

Com o título “Estamos sozinhos no Universo?”, o estudo de 11 páginas foi escrito em 1939, data próxima ao início da II Guerra Mundial. Nele, o primeiro-ministro britânico taxa como “enorme” as chances de haver planetas com condições de receber vida. Até hoje, o texto permaneceu desconhecido, já que ainda não havia sido publicado ou avaliado por acadêmicos.

O ensaio foi encontrado pelo novo diretor do Museu Nacional de Churchill dos Estados Unidos, em Fulton, no estado de Missouri, em maio de 2016. Ele estava na coleção doada pela esposa de Emery Reves, editor e amigo do ex-primeiro-ministro, nos anos 80. Em seguida, o diretor o entregou a Mario Livio para análise.

A suspeita é que ele foi escrito para o extinto jornal britânico News of the World, em 1939. Churchill costumava publicar textos de ciência popular para revistas e jornais. Nas décadas de 1920 e 1930, ele já havia produzido artigos famosos sobre evolução e células.

Mas não se sabe o porquê de “Estamos sozinhos no Universo?” nunca ter sido publicado. Churchill chegou até a revisar o artigo e fazer algumas mudanças em 1950. Uma delas foi o título, que originalmente era “Estamos sozinhos no Espaço?”.

Winston Churchill

O primeiro-ministro britânico é conhecido por conduzir os Aliados à vitória na II Guerra Mundial. No entanto, o seu papel para o avanço da ciência também merece destaque. Ele foi um dos primeiros líderes a priorizar o assunto e investir em tecnologia.

Mario Livio destaca a importância de um político que priorizava a área, citando o cenário americano atual. O presidente americano, Donald Trump entrou em diversas discussões com a comunidade científica assim que foi eleito. “Em um momento em que muitos dos políticos de hoje esquivam-se da ciência, é comovente recordar-se de um líder que se engajava nela tão profundamente”, escreveu.

No estudo, Churchill demonstra um alto conhecimento da ciência moderna. Mais de meio século antes da descoberta de planetas fora do sistema solar, ele considerava problemas semelhantes aos debatidos pela astrobiologia (ciência que estuda a origem e evolução da vida no universo) hoje em dia. O político descreveu ainda a importância da água e da temperatura para a existência de vida.

Asteroide gigante se aproximará da Terra neste domingo

in Asteroide/News by

Objeto passará a uma distância de 2,7 milhões de quilômetros do planeta

Um asteroide de 94 metros de diâmetro passará perto da Terra neste domingo, segundo informações do Observatório Nacional, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Mas pode ficar tranquilo porque, segundo os especialistas, não há risco de colisão com o nosso planeta.

O objeto identificado como 2013FK passará a uma distância de 2,7 milhões de quilômetros da Terra.

O Observatório Nacional vai monitorar a passagem do asteroide por meio de um telescópio instalado em Itacuruba, no interior do Pernambuco.

O objetivo é estudar, através das observações, as propriedades físicas do objeto.

O primeiro de muitos

O asteroide deste domingo não será o único a passar perto da Terra neste ano.

Asteroide não traz riscos à Terra

Em 23 de setembro, um objeto menor – de 11 metros de diâmetro – se deslocará próximo à Terra, a uma distância de cerca de 153 mil quilômetros.

Já no dia 12 de outubro, outro objeto, dessa vez com 19 metros de diâmetro, chegará ainda mais perto: 38.400 quilômetros da superfície do planeta.

O valor equivale a um décimo da distância entre o nosso planeta e a Lua. Mesmo assim, não há risco de colisão.

Fim do Mundo confirmado!! De novo?

in FIM DO MUNDO/Profecias by

Pois é, lá vamos nós de novo. Como não poderia ser diferente, a cada ano temos anúncios apocalípticos feitos por várias seitas que como todos devem ter notado, nunca dá em nada a não ser um bom dinheiro para quem se aproveita da situação de medo e gerada naqueles que possuem fé inabalável em suas religiões.

Bom, desta vez, o bando de malucos é um grupo de religiosos cristãos dos Estados Unidos que alega ter finalmente descoberto a data certa em que ocorrerá o tão temido Apocalipse narrado como um roteiro de cinema pela Bíblia na parte conhecida como Juízo Final.

O tal grupo de religiosos utiliza uma das passagens para embasar sua previsão de que irá acontecer em 2017.

A passagem em questão menciona uma mulher “Vestida de Sol e com a Lua aos seus pés”, que fazendo uma analogia maluca, eles associaram a um eclipse total que ocorrerá em 21 de agosto de 2017.

eclipse

Consultando os dados da NASA, sim haverá um eclipse total na data acima mencionada e será o primeiro em 40 anos que poderá ser observado por quase todo o território americano e parte da Europa.

A tal teoria maluca que está sendo espalhada pelo grupo religioso alega que nosso planeta entrará na era das trevas, isto é, irá ficar permanentemente na escuridão, congelar e acabar com a vida no planeta.

A NASA, além de dar muitas risadas, afirmou que não há a mínima possibilidade disto acontecer, portanto fique calmo, não gaste seu dinheiro comprando velas, pois você já deve estar acostumado a ver estas profecias caírem por terra e ouvir as declarações dos grupos dizendo que recebemos outra chance, mas que se não mudarmos nossos atos, sofreremos o apocalipse com certeza.

The Black Vault disponibiliza12 mil arquivos da Força Aérea sobre OVNIs

in Aliens/Análises/Area 51/Casos/CIA/Documentos/Documentos Revelados/Documentos Secretos/FBI/KGB/NSA/Project Blue Book by

O projeto Blue Book da Força Aérea dos EUA analisou 12.618 casos de avistamentos de objetos voadores não-identificados (OVNIS) entre 1947 e 1969. Agora, o trabalho foi totalmente digitalizado e organizado pelo entusiasta John Greenewald e está disponível para curiosos e pesquisadores na internet.

unsealed-05O trabalho de Greenewald começou há 15 anos, quando ele solicitou legalmente as informações catalogadas pelo projeto ao governo dos Estados Unidos, com base na lei de Liberdade de Informação. Antes da publicação dos dados, o Blue Book estava disponível para consulta pública, em microfilme, no Arquivo Nacional, em Washington.

As informações publicadas no site são vastas e é possível buscá-las por palavras chave. São mais de 12 mil PDFs, um para cada caso, entre os quais estão alguns casos clássicos da ufologia, como o avistamento de Exeter que ocorreu em 1965 e assim como outros 701, continua sem explicação.

Cada caso catalogado reúne documentos, fotos, recortes de jornal e relatos das testemunhas, além da análise da Força Aérea americana.

Divirta-se, tenha acesso aos arquivos Aqui <=

 

Suposto Ovni que viralisa nas redes sociais é Falso

in Avistamentos/DEBUNKED/Documentos Revelados/News/OVNIS/UFOS/Videos by

Na ultima semana tem circulado nas redes sociais um suposto vídeo feito em um povoado na Malásia e como não poderia ser diferente, espalhado pelo Daily Mail que não possui a mínima decência em  espalhar noticias falsas na rede.

Bom, prezando sempre pela verdade dos fatos, o UFOSFACTS foi em busca da informação e sim, não foi desta vez que nosso planeta foi invadido com requintes de Indepedence Day, pois trata-se de um vídeo feito em CGI feito em 2007 e alterado.

Abaixo o Vídeo de onde foi tirado o áudio e inserido no vídeo atual:

 

Image8

Vídeo Original

Abaixo seguem os links de seu trabalho original em seu canal oficial no Youtube.

Original video from creator-Manbird1200 channel https://www.youtube.com/user/manbird1… Damien White. I am a Visual/Audio/Musical artist living in California. I am a visual effects creator and composer
-Others=
-UFO of Los Roques Attack Footage https://www.youtube.com/watch?v=pvkHe…
-UFO attacks Venezuela-https://www.youtube.com/watch?v=Yllhf…
-ufo attacks venezuela https://www.youtube.com/watch?v=pVV3Y…
Fake but fun. UFO mothership in Los Roques Venezuela Aug 15th 2007

 

Moradora de San Diego, CA, registra imagens de Aliens dentro de sua casa

in Aliens/Misterios/News/USA by

SAN DIEGO – Uma mulher na Califórnia divulgou uma fotografia esta semana afirmando que contém duas “entidades”.

700_a594fb6b7d32bee48a51787c2d4976a5

“SERES ESTRANHOS” NA CASA

A mulher, que forneceu um nome completo, mas foi omitido no relatório, disse que ela estava tirando fotos em sua casa em San Diego, quando ela se sentiu que estava sendo vigiado.

“Eu estava no meu quarto tirando fotos da televisão, do casamento de William e de Kate”, disse ela sobre o evento de 2011.

“Eu senti que estavam me observando”

As imagens, supostamente tiradas com uma câmera Canon Power Shot SD750, mostrar o reflexo da escada em um espelho. Parece haver duas silhuetas humanoides que chamou a atenção do proprietário da casa.

“Eu notei o reflexo na foto cerca de uma semana após tirar a foto. parecia embaçado, mas depois eu vi o que claramente parecia “algo que não é deste mundo”. Eu baixei para o meu computador e ampliada todo mundo que tem visto essa foto diz que esta “coisa” que senta-se no patamar em minha casa parece um alien “

Selection_009
A câmera mostra as escadas, onde os supostos alienígenas estavam observando a mulher. Crédito: MUFON
Selection_008
Duas silhuetas humanóides são refletidas no espelho como eles “observam” o dono da casa a partir do patamar da escada. Crédito: MUFON

A proprietária da casa continua a dizer que “ocorrências estranhas” têm ocorrido na residência desde 1997, mas não entrou em detalhes. Ela afirma estar horrorizada com a presença “destas coisas” e decidiu alugar a casa. Mas, diz ela, que a família que atualmente mora na casa também relatam estar vendo coisas “inexplicáveis”.

“Sua filha viu” seres estranhos na casa e afirmou “que não gostaria de dormir sozinha”, disse ela. Em Janeiro de 2016, uma mulher na Flórida disse ao Cryptozoology News que supostos “Aliens” estariam invadindo sua casa e que seus cães foram “adormecidos”. Ela apresentou uma fotografia com formas humanoides muito semelhantes aos contidos nas imagens San Diego recentemente divulgados.

A "Alien Gray", com grandes olhos negros e narinas finas mostra sua cara através de uma porta de tela nesta fotografia de 2015.
Um “Alien Cinza”, com grandes olhos negros e narinas finas mostra sua cara através de uma porta de tela nesta fotografia de 2015.

Enquanto isso, a mulher San Diego espera que alguém na MUFON venha com uma “explicação lógica” sobre a anomalia para que ela possa “voltar para casa”

Nasa encontra “mensagem” escrita na superfície de Marte

in Agências/Misterios/NASA/News by

De acordo com um comunicado da Nasa, os sinais foram encontrados em uma depressão circular que limita a quantidade de areia disponível para a formação de dunas. Ela provavelmente influenciou os ventos locais e, por isso, a “mensagem” foi elaborada.

Os cientistas da agência espacial explicam que os longos traços são formados por ventos bidirecionais. Isso significa que o vento foi “soprado” em ângulo reto com a duna. Já os pontos são criados onde há alguma interrupção no processo de desenvolvimento dessas dunas lineares.

Contudo, eles ainda não sabem dizer como isso ocorre. Portanto, as fotos tiradas pela Nasa podem ajudar os geofísicos a entender a direção dos ventos em Marte e como foram criadas essas composições geológicas.

Apesar de a pesquisa da Nasa não estar voltada para a comunicação com vidas extraterrestres, Veronica Bray, cientista da agência espacial, quis saber se uma mensagem poderia estar escondida nas linhas e nos pontos das dunas.

Segundo Bray, em entrevista para o Gizmodo, os sinais formam a seguinte frase:

NEE NED ZB 6TNN DEIBEDH SIEFI EBEEE SSIEI ESEE SEEE !!

Agora, é você quem escolhe se isso é apenas uma formação geológica ou uma mensagem em uma língua extraterrestre.

Sonda Juno entra na órbita de Júpiter com sucesso

in Juno/Jupiter/NASA/News/Planetas by
nasa1
Funcionários da Nasa comemoram a manobra da sonda Juno na órbita de Júpiter (Foto: Nasa)

Apos 5 anos de viagem, a sonda Juno entrou com sucesso na órbita de Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Com transmissão ao vivo pela internet, a equipe na Nasa comemorou a inserção na magnetosfera à 0h54 desta terça-feira (5).
A sonda se aproximou sobre o pólo-norte do planeta, mostrando uma perspectiva inédita do sistema de Júpiter – incluindo as suas quatro grandes luas. Um laboratório da Nasa localizado em Pasadena, na Califórnia, administrou a missão Juno, chefiado pelo pesquisador Scott Bolton, que também ajudou a levar uma sonda a Saturno.

thumbs.web.sapo

Esta é a primeira vez que Júpiter será visto abaixo da cobertura densa de nuvens. Por isso o nome Juno, uma homenagem à deusa romana que era esposa de Júpiter. As informações são da agência espacial americana.
Lançada em 5 de agosto de 2011, a sonda percorreu 716 milhões de quilômetros – quase 18 mil voltas na Terra – até o planeta e deve voltar a solo, se nada der errado, em 20 de fevereiro de 2018. Juno tem 3,5 metros de altura e 3,5 metros de diâmetro e é movida a energia solar, com uma velocidade que supera 265 mil km/h.
Todo o programa custou US$ 1,13 bilhão. A Juno foi a primeira missão que levou uma nave movida a energia solar comandada a partir da Terra, além de orbitar de pólo a pólo de um planeta. Nenhuma outra sonda chegou, até agora, tão perto da superfície de Júpiter.

juno2_web_1024
O campo magnético do planeta é 20 mil vezes mais forte que o da Terra. Por isso, o grande perigo para visitar Júpiter com uma nave espacial. Outra questão é o fato de que a Juno não foi projetada para operar dentro de uma atmosfera e passará por um período de “queimação” enquanto estiver orbitando.

Segundo a Nasa, o principal objetivo da missão é entender a origem e a evolução do planeta. Conhecer o que há abaixo da densa cobertura de nuvens. Com um conjunto de instrumentos, a sonda vai investigar a quantidade de água e amoníaco na atmosfera profunda. Recentemente, já foi possível avistar a aurora boreal do planeta.

Astrônomos descobrem nova ‘quase-lua’ ao redor da Terra

in NASA/News by

Sabe aquela Lua que você vê no céu toda noite? Ela não está sozinha na órbita terrestre. Astrônomos descobriram uma “quase-lua” nova que está circulando o nosso planeta, e que vai continuar fazendo isso por mais alguns séculos. A descoberta aconteceu em 27 de abril de 2016 pelo telescópio de busca a asteroides Pan-STARRS 1, localizado na cidade de Haleakala, no Havaí.

Trata-se de um astreróide recém-descoberto, que recebeu a alcunha de 2016 HO3, e que está, na verdade, orbitando o Sol. Porém, em sua trajetória, também está revolvendo ao redor da Terra, como faz a Lua, afetado pela gravidade do nosso planeta.

Para ser considerado um satélite natural, ele precisaria estar mais próximo da Terra; isso impede que ele receba o status oficial de lua. Não-oficialmente, ele se comporta como uma lua, embora esteja distante e seja razoavelmente pequeno.

Conforme orbita o Sol, o 2016 HO3 passa metade de seu tempo mais perto do astro do que a Terra, mas na outra parte ele acaba ficando atrás do planeta. As medidas, como informa a NASA, estão entre 40 e 100 metros de ponta a ponta (as estimativas ainda não são claras), o que é bem diferente da nossa Lua, com mais de 3 mil quilômetros de diâmetro.

Paul Chodas, cientista da NASA, usa uma expressão curiosa para descrever a situação do quase-satélite. “Na prática, este pequeno asteroide ficou preso em uma dancinha com a Terra”, e é o que de fato está acontecendo. Mesmo que o nosso planeta não seja a sua órbita principal, por causa da gravidade do planeta, ele nunca fica muito longe, nem muito perto. Ele nunca está a mais de 100 vezes a distância da Terra para a Lua, e também nunca está mais perto do que 38 vezes a mesma distância. Ou seja: ele também não é um risco ao planeta.

Os cálculos indicam que o HO3 está nesta dança há cerca de um século, e deve continuar com isso por pelo menos mais alguns séculos. Assim, a Terra terá mais um companheiro nos céus por mais um bom tempo.

Sete avistamentos de óvnis em antigas obras de arte

in Misterios/News/OVNIS/UFOS/Videos by

Embora a modernidade, especialmente por meio da ficção científica, os tenha popularizado, é verdade que os testemunhos sobre avistamentos de óvnis não são exclusividade de nosso tempo.

Sobretudo nas artes plásticas, a história humana retratou o fenômeno em diferentes esferas. Hoje, apresentamos algumas das mais enigmáticas:

Anunciação com São Emidius (1486): a obra de Carlos Crivelli mostra como um feixe de luz descende sobre a Virgem Maria, procedente de um disco de nuvem no céu, que representa a Imaculada Conceição.

obra-arte-avistamento-1

Prajnaparamita Sutra (século X): os textos sagrados orientais, nesse caso o Ramayana, também descrevem naves circulares, chamadas Vimanas, que voam com o vento e emitem um som curioso.

obra-arte-avistamento-2

A Crucificação de Cristo (1330): nessa obra clássica da iconografia cristã, são observados dois objetos voadores curiosos, pilotados por personagens vestidos com o que parecem ser trajes espaciais. 3.monasterio

O Batismo de Cristo (1710): este quadro do pintor Arent Gelder retrata um objeto discoidal, brilhando no firmamento, do qual saem vários feixes de luz até o palco do batismo de Cristo.

4.bautismo

O Milagre da Neve (1428): o artista Masolino pintou uma nevasca inusitada sobre Roma, em pleno verão do século IV de nossa era. A cena curiosa mostra Jesus e a Virgem Maria sentados em uma nuvem discoidal, escoltados por uma formação de pequenas nuvens semelhantes.

5.milagro.nieve

A Virgem de San Giovannino (1495): o quadro mostra um objeto voador que passa por trás do ombro da Virgem Maria. Enquanto isso, em último plano, aparece um homem que observa o óvni e um cão que parece latir.

6.san.giovannino

A Glorificação da Eucaristia (1600): o pintor Ventura Salimbeni pintou Jesus e Deus manipulando um objeto esférico do qual parecem sair duas antenas, o que despertou todo o tipo de hipótese, desde viagens ao futuro até naves espaciais na antiguidade.

obra-arte-avistamento-7

UFO (ORB) filmado sobre Massachusetts é um HOAX

in DEBUNKED/UFOS/Videos by

Há uma enorme quantidade de inconsistências neste vídeo UFO, feito em Massachusetts. Não está claro exatamente quando, onde e por quem ele foi criado. Pouco depois de o vídeo original foi publicado, ele foi removido do YouTube “, devido à reivindicação de direitos autorais por um tal de Die Hoaxer.

Veja o vídeo

Tudo começou com um YouTuber chamado Bobby Johnson, que escreveu em sua página que ele havia filmado UFOs a partir de um telhado no oeste de Massachusetts. Ele mostra uma grande esfera brilhante pairando acima da cidade.

Conforme o vídeo avança, o tal objeto misterioso começa a liberar versões menores de si mesmo, pequenas esferas brilhantes que se deslocam para baixo e em direção ao solo, porém para surpresa de todos, invés de bater no solo, cada uma delas para a uma determinada altitude, fica pairando por alguns segundos e então se move para a direita ou esquerda, assumindo posições especificas de formação, somando ao todo 6 objetos pairando em formação.

Os dois objetos das pontas, movem-se horizontalmente para longe dos demais, ficando assim, três esferas menores pairando logo abaixo da grande luz inicial que ainda paira mais acima. Logo em seguida, as duas esferas finais movem-se lentamente por baixo da maior e por fim, a grande esfera move-se para baixo e absorve a menor.

O Video termina com o objeto inicial aumentando seu tamanho e seu brilho, até que finalmente, simplesmente desaparece, como se tivesse desligado as luzes ou sido transportado para outra dimensão. Veja na foto abaixo.

o-MASSUFOCOMPOSITE-570

De acordo com a analise do UFOSFACTS, é possível identificar que o áudio do vídeo não é o original, pois apesar de serem vozes de surpresa e espanto de supostos espectadores do fenômeno, se você ouvir atentamente, elas não reagem ao que estamos vendo na filmagem, mais parece parte de áudios de outro vídeo feito sobre um caso UFO que simplesmente foi adicionado para dar mais credibilidade a um suposto HOAX (Fraude).

Outro ponto interessante é o fato do próprio autor do vídeo não demonstrar nenhuma emoção, nem um comentário, nada.

Na ultima quinta feira, mais um video apareceu no Youtube, postado por um tal de HOAXKiller 1, onde descreve em detalhes porque o vídeo seria uma fraude. No decorrer do dia, o video assim como o primeiro, também foi removido do youtube com a seguinte mensagem : “Este vídeo não está mais disponível devido à reinvidicação de direitos autorais de Richard Simmons”

Bom, já dá para ver que o Youtube vai de mal a pior, pois qualquer um pode simplesmente alegar propriedade e retirar um vídeo, a não ser claro, que faça parte do seu grupo Hoaxers escolhidos que geram muita receita para eles.

Conclusão, o vídeo é um HOAX, onde simplesmente efeitos gerados em qualquer software barato de edição de video ou até mesmo um app de celular, foram adicionados sobre uma imagem previamente gravada, ah claro, precisamos de emoção, então adiciona-se um audio de outro video UFO, o problema é que o Hoaxer não viu que uma das vozes femininas exclama em alto e bom tom, “É Laranja…É Laranja”, mas…em nenhum momento as luzes ficaram desta cor.

 

 

UFO é registrado próximo a Estação Espacial Internacional (ISS)

in ISS/NASA/OVNIS/UFOS by

A intrigante imagem foi feita por Jadon Beeson, morador de Stourport-on-Severn (Inglaterra), quando ele observava uma transmissão ao vivo da Nasa (agência espacial americana).

Nela, um objeto voador não identificado é visto se aproximando da Estação Espacial Internacional. Jadon enviou mensagem à Nasa pedindo alguma explicação, mas ainda não obteve resposta, contou o “Metro”.

“Estava assistindo o transmissão no meu iPhone na noite de terça-feira e percebi que havia um objeto metálico, acompanhado de uma radiação azulada. Ficou lá por dois minutos”, comentou o jovem inglês.

“Parecia com a Millennium Falcon, de ‘Starwars’ ou algo de ‘Contatos Imediatos do Terceiro Grau'”, acrescentou ele.

NASA : COMETA “PASSOU RASPANDO” A TERRA HOJE

in NASA by

Um cometa passou de “raspão” pela Terra hoje (22) às 11:30, segundo a Nasa. Chamado de P/2016 BA14, o astro ficou a apenas 3,5 milhões de quilômetros do planeta – nove vezes a distância até a Lua.
Isso torna o “quase encontro” o terceiro mais próximo da história recente – ele só perde para o Lexell D/1770 L1, que passou a 2,2 milhões de quilômetros da Terra e o C/1983 H1.
size_810_16_9_cometa_nasa
Em termos de distância no universo, o cometa passou muito perto do planeta. No entanto, ele é relativamente pequeno (230 metros de diâmetro) e, por isso, não pode ser visto a olho nu.

Os cientistas da agência espacial acreditam que o pequeno tamanho do astro se deve ao seu possível despreendimento de outro cometa, o 252P / LINEAR, que passou ontem (21) perto da Terra.

“Talvez durante uma passagem pelo sistema solar ou durante uma aproximação por Júpiter, um pedaço possa ter se desmembrado do 252P e originado o BA14”, comenta a Nasa em um comunicado.

Isso pode ter acontecido, pois cometas são feitos, basicamente, de pedaços de gelo, rocha e compostos orgânicos. “Nós descobrimos que os cometas são coisas relativamente frágeis em 1993, quando o cometa Shoemaker-Levy 9 foi encontrado e seus pedaços foram ligados a um sobrevoo de Júpiter”.

A Nasa confirmou que a aproximação do P/2016 BA14 não foi uma ameaça para a humanidade. “Em vez disso, é uma excelente oportunidade para o avanço científico no estudo de cometas”.

Pesquisador de óvnis diz que Sol tem ‘porta’

in Conspiracy theories/SOHO/Sol/Telescópios by

Evidente que com certeza é mais um de muitos devaneios de Scott C. Waring, pois nitidamente podemos ver que trata-se apenas de uma falha na renderização das imagens do SOHO, mas vamos lá ver o que a imaginação fértil de nosso amigo viu desta vez:

Para Scott C. Waring, entusiasta da vida fora da Terra e pesquisador de óvnis, uma imagem é forte indício de que o Sol tenha uma “porta”, que permitiria a passagem de naves de outros planetas.

Segundo Waring, a imagem obtida pelo satélite SOHO, da Nasa, mostra que o Sol é muito mais jovem que a Terra e que, por consequência, não tem um centro.

O pesquisador afirma que a “porta” revela que a estrela de quinta grandeza é, na verdade, oca.

“Uma porta gigante se abriu no Sol nesta semana, apenas um pouco, mas o bastante para fazer uma rachadura ao longo do Sol. Ela se abriu apenas para deixar naves passarem”, afirmou Waring no seu site, o “UFO Sightings Daily”.

blog_sun_door
Pela ‘porta’ entrariam e sairiam do Sistema Solar naves de ETs | Reprodução/UFO Sightings Daily

A “Teoria do Sol Oco” foi criada por Jeffrey Wolynski. Segundo ela, o Sol vai murchar, esfriar-se e sofrer um colapso até se estabilizar em um bola sólida.

Para muitos ufólogos, o Sol é uma estrutura artificial, com camuflagem flamejante que esconde no seu interior um mundo mil vezes maior que o nosso.

Asteroide passará de raspão pela Terra no início de março e agora o pior : “A NASA não tem a minima ideia de quando será!!”

in (JPL) Jet Propulsion Laboratory/Asteroides/NASA by

Um asteroide com cerca de 30 metros de diâmetro — capaz de produzir danos, portanto — deve passar de raspão pela Terra nos primeiros dias de março, mas não deve colidir, segundo a Nasa.

Em compensação, a essa altura, o nível de incerteza sobre quando ele vai passar de raspão — e quão perto será esse “quase” — ainda é bem grande. De início, imaginava-se que o objeto, que atende pelo nome 2013 TX68, fosse passar no dia 5, a cerca de 24 mil quilômetros da Terra — menos que duas vezes o diâmetro do nosso planeta e numa região mais interna do que a que abriga a maioria dos nossos satélites de telecomunicação.

Outras observações de arquivo levantadas do asteroide, contudo, já sugerem que ele provavelmente vai passar bem mais longe, fazendo sua aproximação máxima só no dia 8, e a cerca de 5 milhões de quilômetros — várias vezes a distância Terra-Lua.

A despeito da incerteza, os cientistas afirmam que não há hipótese de colisão. “Não há preocupação nenhuma sobre esse asteroide — a não ser que você esteja interessado em vê-lo com um telescópio”, disse Paul Chodas, do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da Nasa.

(Não se anime nem com isso, contudo: esse asteroide será muito difícil de observar, com toda essa incerteza e com a possibilidade maior de passar muito longe.)

Meteorito explode sobre o mar a mil quilômetros da costa Brasileira

in Meteoritos/Meteoros/NASA/News by

De acordo com a NASA um meteorito entrou na atmosfera em 6 de fevereiro e liberou o equivalente a 13.000 toneladas de TNT ao explodir no céu, a cerca de 30 quilômetros da superfície.

160223210709_meteor_thinkstock_640x360_thinkstock_nocredit
Meteoro que caiu perto da costa brasileira é o maior desde 2013

Uma bola de fogo entrou na atmosfera da Terra e atingiu o oceano Atlântico a cerca de 1.000 quilômetros da costa do Brasil, de acordo com informações da Nasa. A agência espacial americana reportou que o meteorito liberou o equivalente a 13.000 toneladas de TNT ao explodir no céu, a cerca de 30 quilômetros da superfície. O evento, divulgado nesta semana, ocorreu na manhã de 6 de fevereiro.
Para se ter uma idéia, o evento com um meteoro ocorrido em Chelyabinsk, na Rússia, há 3 anos. O meteorito que entrou na atmosfera, e fez com que muitos russos vissem uma bola de fogo cortar o céu, liberou o equivalente a 500.000 toneladas de TNT ao explodir (40 vezes mais potente que o evento deste mês), quebrando diversas janelas de vidro e ferindo mais de 1.000 pessoas.
Meteoros como o que caiu recentemente – no oceano, longe dos olhos das pessoas – são identificados por meio de três medições: observações via satélite, capazes de reportar imagens da bola de fogo; sismógrafos, que podem detectar as ondas de propagação da explosão por meio do solo; e microfones atmosféricos, que conseguem identificar as ondas de som do evento.
De acordo com pesquisas científicas, cerca de 30 pequenos meteoritos, que medem entre 1 e 20 metros, entram na atmosfera terrestre todos os anos, atingindo velocidades entre 10 a 100 quilômetros por segundo. Ao cair rapidamente, o ar na frente do objeto é tão comprimido que esquenta, pega fogo e “vaporiza” o meteoroide. Como a maior parte da superfície da Terra é composta por água, a maioria desses meteoritos cai no oceano e não atingem a população.

Debunked – Nave filmada por Snowboarder era apenas uma falha da GoPro

in DEBUNKED/News/OVNIS/UFOS by

A filmagem aparentemente normal feita por um Snowboarder acendeu os ânimos dos Teóricos da Conspiração e caçadores de UFOS que alegam ter imagens reais da existência de Alienígenas, mas para a equipe do Ufosfacts a história não é bem assim, veja abaixo os fatos e a nossa conclusão.

GoPro-Video-of-Giant-Cigar-UFO-Above-Snowboarder

Um snowboarder capturou um objeto em forma de charuto e misteriosa flutuando no céu com sua Go Pro – e isto incendiou os entusiastas de OVNIs.
O usuário do YouTube chamado Shreds1620 filmou a si mesmo usando uma vara selfie enquanto descia uma montanha em um local desconhecido.
Logo no início do clipe do snowboarder, ele para suas manobras  e sua câmera revela um objeto enorme e imóvel no céu.
Foi só depois de analisar a sua filmagem originalmente em 2013 – que o snowboarder notou o UFO  e enviou-o para o canal Secure Team 10.

Sobre o objeto, o narrador do vídeo no canal do Secure Team não tem nenhuma dúvida

A equipe do UFOSFACTS também analisou o vídeo e tem algumas considerações:

  • Por que somente agora este vídeo veio a tona?
  • Durante a filmagem, observa-se que o Snowboarder olha para trás e não visualiza ou expressa qualquer reação ao objeto que está parado logo atras e dentro de seu campo de visão.

Conclusão

Tudo não passa de uma Anomalia Digital, isto é, levando-se em consideração que o sol estava atras do Snowboarder e diretamente na lente da GoPro. Bom, para quem conhece, sabe que estas câmeras são equipadas com sistema de proteção, embutido nas câmeras fotográficas digitais, com o propósito de proteger os sensores das objetivas, que desativa os pixels nas regiões de maior brilho para evitar danos aos sensores (CMOS ou CCD), criando um ponto preto circular ou em forma de risco se a câmera estiver em movimento como foi o caso. Pode ter havido também uma falha na compactação da imagem durante a gravação, isto é muito comum.

falha digital

Este defeito normalmente é gerado pelos algoritmos de conversão e compactação de imagem,
Portanto, com 100% de certeza, levando-se em consideração todos os fatos, tudo não passou de um engano ou mais um caso de tentar faturar com as exibições do vídeo no Youtube.

Astronautas da Apollo 10 relatam ter ouvido uma “Musica” durante missão lunar

in Documentos Revelados/Misterios/NASA/News/OVNIS/UFOS/USA/Videos by

Os astronautas que voaram o ensaio geral para o primeiro pouso lunar relataram ter ouvido um misterioso som no espaço exterior, como se fosse um tipo de música ao voar por trás da Lua em maio de 1969.

O que causou estranheza foi o fato do misterioso som ser como um assobio inexplicável e foi descoberto durante um episódio da série Science Channel, “Arquivos inexplicados da NASA.” O episódio se concentra em um evento estranho experimentado pelos membros da tripulação Apollo 10, uma missão que voou para a Lua , entrou em órbita lunar e a  voou a 5.000 pés da superfície da lua em preparação para o vôo histórico de Apollo 11, dois meses depois.

Os voz dos astronautas da Apollo 10 – Tom Stafford, John Young e Eugene Cernan – pode ser ouvida em gravações do voo falando sobre o som estranho, e o que a NASA fala sobre o assunto.

“O Som é como se fosse um tipo de musica vinda do espaço exterior”, um dos astronautas diz.

“O que devemos dizer a [NASA] sobre isso?” Pergunta um astronauta.

“Eu não sei”, mais respostas. “Devemos pensar sobre isso.”

Não há nenhum registro de que os astronautas discutem o ruído com a NASA ou com o público. Não está claro se os astronautas já ouviram o ruído nas passagens subsequentes no lado mais distante da Lua ou se outros astronautas em missões posteriores também ouviram o som. John Young, eventualmente, voou de volta para a lua e andou sobre ela como o comandante da Apollo 16. Cernan comandou a missão Apollo 17 e foi o último homem a pisar na lua. Stafford voou no espaço novamente, mas nunca viajou de volta para a lua.

As fitas de Maio de 1969 foram registradas enquanto Stafford, Young e Cernan estavam no lado mais distante da Lua, fora da comunicação de rádio com a Terra. O som sibilante durou quase toda a hora os astronautas estavam fora de contato. Mais tarde, as gravações foram enviados de volta para o Controle da Missão, onde foram transcritas, arquivados e classificados, por protocolo.

A conversa foi finalmente descoberta em 2008.

Alguns técnicos têm especulado o som pode ter se originado a partir de interferência de rádios VHF no módulo de comando e o módulo lunar interagindo uns com os outros, segundo o pesquisador e autor Andrew Chaikin.

Mas nem todo mundo compra essa explicação.

“A tripulação da Apollo 10 estava muito acostumada com o tipo de barulho que eles deveriam estar ouvindo,” O Piloto do Módulo de Comando da Apollo 15 , Al Worden disse em um clipe do episódio. “A lógica diz-me que se havia algo gravado em lá, então havia algo lá.”

Suposto celular de 800 anos é encontrado em escavação e volta a levantar teorias na internet

in Misterios/News by

Uma imagem que mostra um objeto de 800 anos, muito parecido com um celular, encontrado na Áustria, tem movimentado inúmeras teorias da conspiração envolvendo seres extraterrestres, civilizações misteriosas e objetos perdidos no espaço e tempo.
A história começou a circular há pouco tempo em blogs e redes sociais. Ao que tudo indica, o “telefone” foi encontrado por arqueólogos durante uma escavação em Fuschl am See, na Áustria. De acordo com a notícia, a peça tem 800 anos de idade e é coberta com símbolos cuneiformes. Porém, ela mais se parece com um telefone celular da Nokia, aquele em que muita gente se divertiu com o jogo da cobrinha.

35
Imagem de um telefone celular de 800 anos vem repercutindo após ser divulgada na internet

Alguns acreditam que civilizações passadas tenham visto alienígenas usando este tipo de artefato e que este achado poderia ser uma reprodução do que foi visto com os visitantes extraterrestres. Já outros defendem que algum viajante no espaço-tempo possa ter mostrado o aparelho aos povos antigos.

312

Nenhuma fonte oficial é associada a esta imagem e também não se sabe de onde veio a informação de que o achado teria 800 anos. Sobre a escrita cuneiforme, ela caiu em desuso em torno dos séculos 7 a.C ou 6 a.C. Diante destes fatos, alguns preferem apostar na teoria de que tudo não passaria de uma grande brincadeira “arqueológica” para celebrar o começo de 2016.

Cientistas desvendam ‘maior mistério do Sistema Solar’ em 2015: as manchas de Ceres

in Ceres/Dawn/Misterios/NASA/News/Planetas by

Foi o grande mistério do Sistema Solar em 2015: o que são as manchas luminosas de Ceres, o maior objeto do cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter?

Os cientistas acreditam ter encontrado algumas respostas.

São locais em que os impactos de corpos celestes perfuraram uma camada congelada de água salgada sob a superfície do pequeno planeta anão (cerca de 950 km de diâmetro), disseram pesquisadores à revista Nature.

size_810_16_9_ceres-planet-lights2

As partes mais brilhantes correspondem aos impactos mais recentes.

A câmera da sonda Dawn, da Nasa (agência espacial americana), identificou cerca de 130 focos brilhantes no planeta. De longe, o grupo mais chamativo fica em uma cratera denominada Occator, no hemisfério norte de Ceres.

Quando a sonda entrou na órbita de Ceres, a câmera estava programada para registrar o que costuma ser uma superfície escura, negra como asfalto.

Por isso, as depressões superbrilhantes dentro de Occator saturaram o sensor do equipamento.

“Nós dissemos: ‘Uau, o que é isso?’ Não esperávamos algo assim”, lembra o pesquisador Andreas Nathues.

“A reflexividade estava em nível 0.25, ou seja, cerca de 25% da luz se refletia. E no centro no núcleo interno (das manchas de Occator) chegava a 50%, 60%”, disse o cientista do Instituto Max Planck, na Alemanha. “Enquanto a superfície restante era bem mais escura, com média de 9% de reflexividade.”

Gelo e sal em todo o planeta

Uma investigação posterior indica agora que há uma camada de gelo e sal em todo o planeta, abaixo dos escombros rochosos que o cobrem.

Quando um objeto do espaço impacta e penetra nessa camada, o gelo começa a se sublimar (passa diretamente do estado sólido ao gasoso).

Esse vapor liberado escapa da superfície, levantando partículas de gelo e pó, o que produz uma espécie de névoa.

150307141722_ceres_probe_640x360_bbc_nocredit
Sonda Dawn, da Nasa, entrou na órbita de Ceres em março de 2015

A sonda Dawn observou essa névoa durante o “dia”, e a conclusão é que as manchas desaparecerão à medida que o gelo se derreta e sobre apenas sal.

A Dawn identificou indícios da presença de sulfato de magnésio hidratado, conhecido como sais de Epsom, mas a substância não é tão reflexiva como o gelo.

A emissão de água, que corrobora observações de Ceres feitas em 2013 pelo telescópio espacial Herschel, é uma reminiscência de cometas, que entram em sublimação quando se aproximam do Sol.

“É um pouco como um cometa, mas é preciso entender que Ceres é um objeto diferenciado. Tem uma estrutura de concha”, afirmou Nathues à BBC.

“É muito provável que haja uma concha de gelo debaixo da casca. Essa estrutura é completamente diferente da dos cometas. Os cometas são objetos primitivos cheios de materiais originais que se alteram muito sutilmente.”

Em outubro a Nasa também lançou uma renderização usando imagens da espaçonave Dawn para criar um efeito Flyover.

A gravação foi reproduzida em cores falsas para destacar as diferenças nos materiais da superfície — incluindo esses nos pontos brilhantes:

wEnG1g

Os maiores pontos luminosos, acima, descansam no que é conhecido como cratera Occator, com cerca de 60 milhas (90 quilômetros) de diâmetro, e um material brilhante no centro com cerca de 6 milhas (9,6 quilômetros) de largura e 0,3 milhas (0,48 quilômetros) de profundidade.

Aqui está o planeta desde uma distância mais longinquia, mostrando o quão espalhados estão os pontos luminosos:

aA5XaD

Origem distante

Em artigo na revista Nature, María Cristina De Sanctis levanta a possibilidade de que Ceres não tenha sido formado no lugar em que está hoje (a 417 milhões de quilômetros do Sol), porém muito mais distante no Sistema Solar.

A pesquisadora observou resultados do espectrômetro de sinais visíveis e infravermelhos da sonda Dawn. O aparelho detectou possíveis filosilicatos amoniacais em grandes extensões do planeta anão.

Os filosilicatos são minerais de argila, produzidos quando materiais rochosos sofrem ação da água por muito tempo.

Contudo, a presença de amoníaco é o ponto interessante neste caso.

“Esses são filosilicatos que possuem algum amoníaco em sua estrutura, o que significa que o amoníaco deve ter estado disponível em algum momento. A única maneira de que isso tenha sido possível é que o material tenha tido uma origem mais fria”, afirmou De Sanctis, do Instituto Nacional de Astrofísica, em Roma.

A hipótese vem do reconhecimento de que cristais de amoníaco não seriam estáveis na órbita atual de Ceres ao redor do Sol. Esse material desaparece rapidamente quando a temperatura supera -173ºC.

Deste modo, para que Ceres tenha retido tanto amoníaco ou gelo rico em nitrogênio por tempo suficiente para que se incorporasse ao solo, é provável que o planeta tenha ocupado um ponto muito mais frio no passado, afirmou a pesquisadora.

“É uma possibilidade fantástica, e coincide com modelos dinâmicos da evolução do Sistema Solar que preveem que os objetos migrem até o interior do sistema”, disse

 

 

Fonte.: bbc

<< DEBUNKED >> Luz misteriosa aparece em hospital abandonado

in DEBUNKED/News by

O Assunto invadiu as redes sociais e como não podia ser diferente chegou a ter cometários tipo, “Já vi em outras noites”, “São espiritos desgarrados” e até mesmo um afirmando que tratava-se de um esconderijo alienígena.

Tudo começou quando o norte-americano Michael Arbon publicou em seu Facebook, nesta segunda-feira (27), uma foto de um hospital abandonado em New Orleans (Estados Unidos), na qual uma luz misteriosa aparece em uma das janelas do edifício. O prédio, onde funcionava um hospital de caridade, foi desativado em 2005, após o furacão Katrina.

A foto, segundo Michael, foi tirada às 05h30 da madrugada, já que ele trabalha bem próximo ao local e, para ele, as luzes vinham claramente de uma árvore de Natal – ou algo semelhante. “Era bonito e macabro ao mesmo tempo. Para mim e para a outra senhora que também publicou uma foto em seu Facebook, parecia uma árvore de Natal iluminada em um edifício abandonado e completamente escuro”, afirmou em entrevista à ABC News.
Após longas discussões na rede social, a polícia local resolveu apurar o caso e foi até o edifício. Ao chegarem no cômodo do qual saía a luz, os oficiais encontraram um monte de tábuas de madeira, ligadas à holofotes e espelhos.

Apesar de não saberem quem fez aquilo, um usuário do Instagram chamado ‘Urban Explorer’ (Explorador Urbano, em tradução livre) publicou uma foto que, aparentemente, foi tirada de dentro do local.

Leslie Capo, funcionária do Centro de Ciências e Saúde da Universidade de Louisiana, disse que isso com certeza se trata de uma “invasão e de uma brincadeira mau gosto”.

Concordamos mas discordamos, pois foi muito divertido ver até onde pode chegar a imaginação de alguns.

 

20151230160102fbkzMKhOKQ

‘Rato Gigante’ em Marte aparece em foto divulgada pela Nasa e dividi a opinião dos internautas

in Marte/Misterios/News/Videos by

Especialistas e admiradores de Marte acreditam ter descoberto a figura de um enorme “rato” no planeta vermelho. As informações são do jornal britânico Metro, citando um canal ArtAlienTV.

“Pode ser uma ilusão de ótica, mas a figura tem orelhas grandes, nariz e olhos visíveis. Assemelha-se com um largo rato ou com um gerbo”, afirmou o canal ArtAlienTV na descrição do vídeo, publicado no YouTube na última quarta-feira (11).

A imagem dividiu a opinião dos internautas.

“Provavelmente um rato pegou carona em algum veículo espacial que foi para Marte e caiu fora quando chegou lá”, comentou um usuário. “Talvez seja um fóssil congelado”, escreveu outro.

 

Suposta “Nave” abandonada em Marte aparece em foto divulgada pela Nasa

in Marte/NASA/News/Planetas/Rover Curiosity by

Um grupo que investiga indícios de vida extraterrestre afirma ter encontrado uma pequena nave na área da Cratera Gale, em Marte. A afirmação foi feita com base em uma foto divulgada no site da Nasa.

Foto original divulgada no site da agência espacial norte-americana (Foto: Divulgação/Nasa)

Segundo o site UFO Sightings Daily, citando o canal “Paranormal Crucible”, o objeto parece ser resultado da criação de uma população inteligente – os restos de algum dispositivo mecânico ou arma. No entanto, eles afirmar acreditar que o item, fotografado há alguns anos pela sonda Curiosity, seja uma nave construída por marcianos ou usada por outra espécie extraterrestre para explorar o planeta vermelho.

“Seja o que for, este objeto prova que, um dia, houve vida inteligente em Marte – o que a Nasa continua a negar para o mundo”.

Na semana passada, o site divulgou que uma teoria que causou polêmica.O grupo afirmou ter encontrado uma silhueta que lembra um urso polar em outra foto da mesma região do planeta, que é a área que a Curiosity tem explorado.

Em setembro, cientistas da agência espacial americana anunciaram que a sonda encontrou sinais de que Marte tenha água corrente durante o verão, o que aumenta as chances de vida no planeta vermelho. Para os pesquisadores, a descoberta é uma das provas de que a bacia esteve repleta de água com frequência.

E lá Vamos nós de novo” – Nasa alerta que grande asteroide passará ‘raspando’ a Terra na véspera do Halloween

in 2015 TB145/Alertas/NASA/News by

A rocha espacial, batizada de 2015 TB145, chegará a uma distância pouco maior que existente entre a Lua e a superfície terrestre. Apesar de ser relativamente grande, o fenômeno não apresenta risco de colisão com o nosso planeta

A Nasa anunciou que, às vésperas do Halloween, um asteroide de grandes proporções passará muito próximo à Terra. Descoberta recentemente, em 10 de outubro, a rocha espacial foi batizada de 2015 TB145 e tem diâmetro de 470 metros. Segundo a Nasa, no ponto de maior aproximação com a superfície terrestre, previsto para a madrugada do dia 30 para 31 de outubro, o asteroide estará a uma distância de 499 000 quilômetros do planeta. No entanto, os cientistas alertam que não há perigo de impacto com a Terra.
Até 2027, essa será a maior rocha espacial a se aproximar da superfície terrestre, de acordo com a Nasa. Essa distância de 499 000 quilômetros equivale a 1,3 a distância média da Lua em relação à Terra. Em 1999, um asteroide, que media cerca de um quilômetro de diâmetro, conseguiu ficar ainda mais próximo do nosso planeta: a rocha 1999 AN10 ficou a 30 000 quilômetros de distância da Terra. Esse fenômeno também não ofereceu riscos de colisão.

2015tb145_orbit-500x338
A posição da órbita do 2015 TB145 é o mais surpreende os cientistas. Diferente da maioria dos asteroides – possuem órbitas circulares -, essa rocha espacial orbita no formato de uma elipse, com grande inclinação, cerca de 40 graus, em relação aos planetas do Sistema Solar. Mesmo com o advento das tecnologias astronômicas, essa característica faz com que seja difícil detectar esse tipo de rocha e evitar colisões com os astros.

asteroid20151021-500x351
De acordo com os cientistas, apesar de não apresentar perigo para a Terra, essa aproximação mostra o quanto o planeta ainda está vulnerável a um possível impacto com rochas espaciais. No dia 2 de outubro, a Nasa, em parceria com a ESA (Agência Espacial Europeia), anunciou a missão Aida, que desviará a rota de um asteroide real como uma forma de teste. O projeto, que será iniciado em 2020, é o primeiro a estudar formas de proteger a Terra de possíveis impactos com objetos espaciais.
Impacto de um asteroide – Os asteroides são grandes corpos rochosos que orbitam em torno do Sol, mas possuem uma massa bem menor em comparação aos planetas. Apesar de ter proporções relativamente grandes, o 2015 TB145 não tem tamanho suficiente para provocar uma catástrofe global.
Constantemente, os asteroides estão envolvidos em boatos apocalípticos. No último mês de agosto, a Nasa divulgou um comunicado que desmentia rumores de que um asteroide gigante iria se chocar com a Terra e destruir grande parte das Américas, entre 15 e 28 de setembro.

Estrela ‘bizarra’ pode abrigar estrutura alienígena gigante

in Descobertas/Misterios/News by

Ela chamou atenção dos cientistas por emitir padrões de luz diferente de outras 150 mil estrelas

Localizada a 1.480 anos-luz de distância da Terra, a estrela KIC 84622852 está intrigando cientistas norte-americanos. O astro possui uma quantidade de ondas muito maior do que qualquer estrela comum, o que poderia ser efeito de uma enorme estrutura alienígena instalada nele.

“É muito estranho”, diz a pós-doutora Tabetha Boyajian, pesquisadora da Universidade de Yale, em entrevista ao The Atlantic. “Nós nunca vimos nada como essa estrela. Pensávamos que poderiam ser dados corrompidos ou até o movimento da cápsula [do telescópio], mas essas possibilidades foram checadas.”

Depois de mais de quatro anos de observações com o Telescópio Espacial Kepler, da Nasa, cientistas descobriram entre duas constelações uma estrela considerada incomum, que pode ter orbitando em sua volta estruturas alienígenas.

35170040-733c-11e5-9fdc-efbd212b78e9_2

“Nós concluímos que o cenário mais provável com as informações que temos seria a passagem de uma familía de exocometas fragmentados, todos eles oriundos do mesmo evento”, escreveu o grupo de pesquisadores no relatório divulgado recentemente.

A estrela, nomeada KIC 8462852, foi descoberta em 2011 e chamou atenção dos cientistas por emitir padrões de luz diferente de outras 150 mil estrelas que o telescópio captava e possuir objetos considerados inexplicáveis orbitando ao seu redor.

shapeimage_1
Tabetha Boyajian

 

Segundo Boyajian, as explicações para os dados obtidos através da análise da estrela variam desde um erro de informações, ou problemas em instrumentos, até estilhaços de asteroides ou uma recente colisão planetária.

 

“Ao considerar as limitações de observação em aglomerados de pó que orbitam uma estrela normal de sequência principal, é possível concluir que o cenário mais consistente com os dados em mãos é a passagem de uma família de fragmentos de exocometas, todos os quais estão associados a um único evento de dissolução anterior”, aponta um artigo escrito pela cientista.

Mas há quem levante a possibilidade de tudo isso ser, na verdade, fortes indícios de atividade alienígena. “Aliens devem ser sempre a última hipótese a ser considerada, mas isso que estamos vendo parece muito algo que você espera que uma civilização extraterrestre construiria”, aponta o astronomo Jason Wright, da Universidade Penn State, à mesma publicação.

image_normal
Jason Wright

Segundo o astrônomo Jason Wright, da Penn State University, existe a possibilidade de que, na verdade, exista na órbita da estrela megaestruturas construídas para captar energia dela. Para Wright, a atividade vista na KIC 84622852 lembra bastante a teoria da “esfera de Dyson”, proposta pelo físico Freeman Dyson, ainda em 1960. Ele especulou uma megaestrutura formada por um verdadeiro “enxame” de satélites em torno de uma estrela, a fim de capturar energia proveniente daquele astro.

 

“Quando (Boyajian) me mostrou os dados, fiquei fascinado com quão louco parecia”, afirmou Wright à mesma publicação. “Aliens são sempre a última hipótese que consideramos, mas isso parece ser o tipo de coisa que você esperaria que uma civilização alienígena construiria.”

5d61a320-733c-11e5-9fdc-efbd212b78e9_3

O astrônomo atualmente trabalha com a Dra. Boyajian no Seti Institute (Instituto de Pesquisa da Vida Extraterrestre, em inglês), em Berkeley, na Califórnia. Juntos, eles defendem que as pesquisas na estrela sejam realizadas também por um telescópio de rádio (mais especificamente o Green Bank, em West Virginia, que tem mais de 100 metros), para tentar capturar alguma atividade que emita ondas com som.

Para aprofundar a análise da KIC 8462852, Boyajian propôs que ondas de rádio massivas sejam enviadas na direção da estrela.

Page 1 of 39
1 2 3 39
1 2 3 39
Go to Top

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com